sexta-feira, 31 de julho de 2009

Em caso de €€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€


AH! Esta é, a já habitual, mensagem de aviso, para o caso de eu não regressar na segunda feira! Fiquei excentricaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa e fui para as Maldivas! Sorry! ehehehheheh

ultima sinapse cerebral da semana


Esta podia ser eu....
Estou tão exausta e nunca mais são 19h para eu fechar a loja e ir pra casa.
Parece-me que sempre que estou a dar as ultimas aparece alguém com mais um fogo para eu pagar. Doí-me a cabeça, sinto-me antipática!
O mundo anda ao contrário! Agosto deveria ser período de férias!!!
Os clientes não vão de férias logo, têm tempo para me vir azucrinar a cabeça! Não me levem a mal que eu dependo deles para viver mas porra, podiam ter vindo de Janeiro a Julho, porquê agora!?!?
Cada vez que o meu telefone toca já só me apetece correr porta fora e nunca mais voltar,mas tenho de atender, ser simpática, e agendar reuniões...ainda não terminou a semana e já tenho 4 reuniões para a semana uma delas segunda feira à primeira hora...by the love of Christ!!! Vão de fim de semana! Get a life!
ughhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Ataque de Panico

Ontem conheci uma miúda bestial. 22 anitos, com a ferocidade de uma gata assanhada, como quem está a medir forças com o mundo inteiro, uma língua afiada e um humor mordaz.

Ninguém lhe achou graça, mas eu olhei para ela e vi-me a mim, há 10 anos trás. A achar que aos 22 era uma grande mulher, decidida e dona de si.

Tem o mesmo nome que eu.

Foi a primeira vez que tive distanciamento suficiente para me reconhecer noutra pessoa...fiquei de rastos...qualquer dia estou a dizer: "no meu tempo...."

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Pensamento do dia- Versão Zen


Porque é que eu não pinto quadros e planto flores!?

Que mal terei feito na encarnação anterior para ter esta profissão!?...

Será castigo? Será gente? Gente não é certamente, porque gente, não ladra assim...

Pensamento do dia

Como eu gostava de mandar para onde o sol não brilha:
-Parceiros incompetentes
-Clientes arrogantes, mal educados e prepotentes
-Colegas cretinos
-Assistentes que jogam tetris impavidos e serenos enquanto o mundo desaba do meu lado da sala....

Contudo,
-Peço encarecidamente o favor...
-Sorrio e acedo..
-Auxilio enquanto penso que por causa deles vou chegar a casa depois das 22h(e não fariam o mesmo por mim)...
- No coments!...

Será desta que Deus me brindará com o Euromilhoes!?

terça-feira, 28 de julho de 2009

E eu é que era da geração rasca.....

Estava eu ainda há pouco, a cuscar um blog pelo qual me caí de amores, e num comentário abordei um tema que merece um post!

O trauma de nos fazerem sentir mais velhos!

Demorei largas semanas a recuperar (nunca foi uma recuperação total) de uma adolescente ranhosa que se chegou a mim na rua e disse: "desculpe a Sra sabe dizer-me..."
What!??! Sra!??!?! Who?? Me???
Quem é a Sra aqui?!? ....Parvalhona! Sra! Eu sou uma rapariga! Há quem me chame de rapariguita...mas isso pode não abonatório...pensando bem...

Ainda mal estava recuperada deste ouço outra adolescente cretina a perguntar: "pai, ouvi falar num programa chamado Os Marretas....sabes o que é!?"....

Que raio de geração é esta!? São os Marretas! O universo inteiro sabe quem é a Miss Pigi (aliás a mãe do CR recentemente personificou este ícone passeando-se pelas ruas de Londres com salto alto, short e uma boina...)...e o cocas!?...todos conhecem o cocas.

Ainda uma dia destes estava num bar e começou a passar o Pacience dos Guns n' Roses, e o puto do banco do lado (que nem cara pra levar um estalo tinha...muito menos barba...muito mesmo idade para consumir álcool) diz para o amigo: " este som é bacano...sabes de quem é isto?"

Os Gun´s!!! Tudo bem que não são os U2, os Bon Jovi, ou o Brian Adams entre muitos outros, mas as musicas continuam a passar nas rádios (ok não passa na radio cidade nem na MixFm, ou orbital...ou aquelas estações "alternativas"), mas by the love os Christ! ...Não entendo

Estarei assim tão velha!? Os anos 90 foram assim há tanto tempo!? Tanto tempo que alguém que tem idade para beber álcool e estar sem supervisão parental, não reconheça!?!??!

Estou velha! Definitivamente....

Homens....

O que fazer quando um parceiro de negocio está francamente a ultrapassar as marcas do razoável?

Uma pessoa não pode ser simpática que já não largam o TLM? Que seca!

Alguém havia de explicar aos homens que a simpatia das mulheres pode ter varias origens e pode, por mais incrível que possa parecer, não ter nada a ver com um avanço sexual ou algo remotamente associado a sexo!!!??

Eu sou simpática porque acho que é melhor trabalhar em ambiente de harmonia.
Nem agrido verbalmente a idiota da minha assistente!!...embora por vezes...confesso que me apetece mesmo é corre-la ao estalo até à porta de saida: and stay out! Mas infelizmente não mando!...por vezes até fantasio...

Ah! Mas voltando ao essencial...quando tinha ai uns 23 anos tive um namorado...doente (só percebi posteriormente claro!) de ciumes. Ele consumia-se com a co-habitação planetária de outros homens, todos ele inimigos mortais...e ele costumava dizer: não percebes que só por sorrires os homens já estão mentalmente a rodar filmes porno?!....foi por esta altura que eu percebi que ele estava doente...muito doente...

Mas hoje começo a ver que, das duas uma, ou há homens com medo de morrer solteiros(o que seria uma surpresa avassaladora para mim), ou o louco do meu ex tinha alguma razão!

Mas a sério, alguém deveria explicar que a simpatia não é um sinal verde para avanços e piropos e "arremessamento de barro à parede"!

Really!
Aliás eu sou a favor de substituir educação física na primaria por educação do trato feminino(de pequenino é que se torce o pepino - nunca entendo esta expressão), já que inevitavelmente por altura do secundário todos eles acham que serão o próximo Cristiano Ronaldo e portanto compensarão a ausência de 4 anitos de educação física com a pratica excessiva de futebol....claro que men will always be boys e aos 30 continuaram a achar que passaram ao lado (por milímetros)de uma brilhante carreira internacional e continuam a praticar e a estudar tácticas de jogo, pode ser que alguém os descubra, num dos encontros futebolisticos de segunda feira...a esperança é a ultima que morre..
Enfim ..aqueles 4 anos, não fariam diferença alguma e poderiam contribuir para minimizar o numero de vezes que um homem adulto tem de se sentir humilhado para seu próprio bem!
´
E no trabalho gente!!! No trabalho! Não há ética!?!??!

porque uma pessoa diz: "é de 77?...bom ano" ...é um cliché...normal, mandar conversa fora, fazer sala etc...não quer dizer: acho que é uma brasa e já estou a elaborar fantasias sexuais requintadas consigo, por favor insista varias vezes (mesmo quando levar varias "tampas diplomáticas") nos seus convites extra profissionais...não perca a esperança!"

ALGUÉM LHES DÊ UMAS DICAS!PLEASE!

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Um brinde à Irmandade


Aqui falo abertamente sem pudor, nem complexos!


Eu amo o meu irmão!

Falo de tanta coisa inútil neste blog, que azar dos azares, "nasceu" para levar com as minhas dissertações, e acaba de me ocorrer que ainda não falei da pessoa que mais amo no mundo!

Da pessoa mais importante da minha vida, aquela que sempre foi e será a pessoa que ponho na lista de prioridades, antes de mim mesma: O meu irmão.

Para quem é filho único não sei explicar esta relação, penso que em muito se deve assemelhar ao amor entre mães e filhos, especialmente porque, neste caso, trata-se do meu irmão mais novo. O único irmão que tenho.

Quem é mãe deve saber do que falo, pois penso que só quando a maternidade me bater à porta, encontrarei outro amor tão incondicional quanto este.


É impressionante pois é a única pessoa no mundo a quem eu não julgo, não exijo, não condeno. Amo-o. Simplesmente o amo por ele ser quem é: com todos os seus defeitos e falhas.

Neste caso, tenho a tarefa facilitada porque o meu irmão é a melhor pessoa que conheço. Tem imensos defeitos,mas nenhum de carácter. É o coração mais grandioso, o amigo mais zeloso e o homem mais puro e justo que conheço...o único que sei, capaz de derramar uma lágrima por uma injustiça...não por fraqueza por pura repulsa à injustiça...seja quem for o injustiçado.


Portanto aqui fica: Ao meu irmão, a minha declaração de amor.


Amo-te no matter who


"And When I Die I Keep On Living

You'll Always Have My Love Seeing You Through

I'll Be Your Angel Up In Heaven

Forever All My Love Will Shine On You"

Para: Mente Quase Perigosa

Esta última lágrima era de oiro

Aqui estou,

como uma pétala solta

O vento me levará ao último azul

E serei horizonte


Glória de Sant'Anna

48h simples

Este fim de semana foi de longe dos melhores que tenho tido nos ultimos 6 meses.

Apanhei muito sol, li bastante, comi muito bem, conversei com o meu marido enquanto amigo e não no seu papel habitual, conheci um autor publicado que me pediu a minha opinião sincera.

Foram dois dias simples, sem confusão, sem multidões, sem pressões e até consegui dormir!

...só não fiquei milionária!

Foram dois dias em paz...estava mesmo a precisar.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Alerta da sexta feira

Se não houver mais entradas no blog até terça feira...fiquei €xcentrica!
Ganhei o €uromilhões e nuuuuuuuuuuncaaaaaaa mais ninguém me viu!

Telegrama ao marido:
"Descobri que sou lesbica stop
Desculpa stop
Tira esse sorriso dos labios, não estou interessada em sexo a 3 stop"

Telegrama ao chefe:
"Despeço-me stop
Não regresso stop
Não me contacte pois será engano stop"

Telegrama à mãe, pai e irmão:
"os bilhetes de avião estão no correio stop"

Muito bom! Isto sim! Seria vida!

Divagações


Quem és tu, anjo caído?

Que queres tu deste mundo sem côr?

Quando aquilo que buscas, está no amor que não tenho?



Ao M.

A realidade do RECRUTAMENTO em Portugal

Hoje decidi colocar os melhores momentos que vivi ao tentar fazer Recrutamento.

Muito marcam a diferença logo pelo CV. Gosto particularmente das meninas com ar de serviço de acompanhamento. Foto de corpo inteiro, tirado no parque, ou na praia, com belos decotes e mini saias...very corporate.

Outros revelam-se durante a analise de CV:

Experiência profissional: "Biscates de todo o tipo"

Email de contacto: fadinhamorgana@; pipoquinha@; mas o campeão de gargalhadas é............. snaita2000@!!!!! portanto depreende-se que o ano 2000 tenha sido particularmente fértil em sexo fácil para este companheiro


Fase de contacto:
1.
- Bom dia, fala x da empresa y em resposta a um CV. Gostaríamos de saber se está disponível para entrevista. As mesmas terão lugar dia 1 e 2.
- Não posso...tenho médico nesses dias.

2.
- Bom dia, fala x da empresa y em resposta a um CV. Gostaríamos de saber se está disponível para entrevista. interrupção
-Desculpe fala de onde?!
- Empresa y em reposta ao seu CV...
- Ah isso deve ter sido a minha irmã a enviar o CV! Não estou interessado. Clack!

3.
- Bom dia, fala x da empresa y em resposta a um CV. Gostaríamos de saber se está disponível para entrevista. interrupção
-Mas isso fica onde!? (como se não tivessem sequer lido o anuncio a que responderam
- fica em ------.
- iiiiiiiiiiiiiiiiihhhhhhhh isso é muitA longe! Esquece lá! Clack

4.
- Bom dia, fala x da empresa y em resposta a um CV. Gostaríamos de saber se está disponível para entrevista.
-Obrigada. Mas acabo de decidir que vou mas é voltar a estudar.

O pódio vai para..... quem agenda entrevista, não aparece.... Contactamos a confirmar desistência:

-Boa tarde fala de y. Gostaríamos de saber se pretende ou não comparecer à entrevista marcada para as 16:30h?
-...ehhhhhhhhhh...que cena! que horas são!?
-16:30h.
- Desculpe lá! Tou aqui na garagem a modificar o meu carro e perdi-me nas horas. Pode ficar para amanha de manhãzinha!?
- (vamos lá acender o rastilho)...muito bem. 09:30 está bom para si?
- Óptimo obrigada! E desculpe lá!

Dia seguinte:
-09:30h....ligamos
-atende e coloca o tlm em frente ao rádio...com musica brasileira...

Os campeões que chegam a vir à entrevista:

Os prémios começam a ser distribuídos logo pela presentação: calça de ganga e t-shirt. 80% dos candidatos. Há uns corajosos que ao invés do tenni, rebentam logo as expectativas e vêm de havaianas...

Durante a conversa:
- Identifica-se com a função?
- ...sim...acho que sim...mas eu gosto mesmo é de ver televisão...

- Vê-se a fazer prospecção?
-...não sei o que isso é...

- É pontual?
-....depende, de manhã tenho graves dificuldades em acordar. Mas à tarde sim!

Dada a escassez, já fazemos uma triagem para a segunda fase em que o único requisito é saber assinar o nome, ter bom ar e não dizer barbaridades.

Segue marcação da segunda entrevista:
- Bom dia. Parabéns foi seleccionado para a fase final de recrutamento. Pode comparecer amanha pelas xh?

A reposta é comum a 95% das pessoas que passam à segunda fase:
- ...sabe...eu queria mesmo era que carimbasse o papel para o fundo de desemprego...

Dos 3 candidatos que conseguimos seleccionar, um nunca apareceu..mandou um sms a dizer:
"desculpe, tenho uma dor imensa na anca"

Nota: importante. A empresa é do sector financeiro....

A minha assistente é uma Idiota

Estou no escritório desde as 09:30h.
A minha assistente, responsável pelo recrutamento, tem entrevistas marcadas. A primeira candidata já chegou e ela nada...são 10:15h...


Será que é assim tão contra natura ser-se pontual!?

Talvez no caso dela sim....já que é contra natura qualquer acto remotamente parecido com eficiência, competência e responsabilidade...



Habitualmente o discurso decorre da seguinte forma:



EU: assistente pode por favor retirar os relatórios x para eu analisar?

ASS: ...mas o quê?! já analisou os últimos que tirei?!

EU:..... (nem consigo responder...)


Uma das muitas atitudes-pérola diárias...desta menina..

quinta-feira, 23 de julho de 2009

HELP, confesso: Sou info-excluida!

Preciso fazer uma pergunta, provavelmente idiota...correndo o risco de correr de vez com as maravilhosas 3ou4 pessoas que gastam o seu tempo a ler a novela mexicana da minha vida...mas cá vai....

Alguém me sabe dizer porque é que eu tinha 6 comentários para moderar, e fiz publicar TODOS e apenas localizo 3?

Queria mesmo ler todos os comentários God Damn it!!!

QUem quiser perder mais um minutinho...a gerência agradece..

aviso: não há sorteio autorizado pelo governo civil de Lisboa (ou de outro distrito qualquer), portanto ninguém ficará habilitado a ganhar NADA por ajudar uma "infobeta"

A Anunciação

Passei uma noite péssima...mais uma em que dormi 3 h e depois a minha mente vagueou entre a consciência e o sonho consecutivamente até à exaustão.
A minha mente estava a 1000km/h...

Ontem disse umas verdades. Entre a confecção de um belo jantar (sim porque acima de tudo, continuo uma verdadeira fada do lar) e o debate de mais um plano para um evento social que nem nada me revejo...abri a boca e ...Falei, chorei e a espinha, que me tem apoquentado estas semanas todas, pelo menos mudou de sitio :

-Penso todos os dias em voltar para casa
-Estou no meu limite
-Não foi esta vida que sonhei para mim
-Esta não é a relação que quis
-Estou miseravelmente infeliz
-Não suportarei mais um evento social
-Preciso dormir e descansar
-Nunca vivemos em lua de mel e a relação está mais desgastada que nunca

Encostado à ombreira da porta da cozinha, em calção e havaiana no pé...piscou os olhos incrédulo...abriu a boca...voltou a fechar... creio que tivesse sido uma contracção involuntária perante o choque...e passados uns minutos disse:

-Nunca ponderei a hipótese de voltar para casa...não compreendo que tenhas pensado nisso...

- ...mas achas que essa fase anti-social vai durar quanto tempo mais...? (cereja no topo do bolo!)

Quanto ao desgaste da relação...nunca pensei nisso mas acho que nunca o senti...

No final a pergunta chave feita no momento do desfecho do capitulo anunciando cenas do próximo episódio:
-Como posso eu ajudar-te a ser feliz? e onde fico eu no meio disto tudo, se voltares para casa?!...

E fomos jantar, tentando evitar este assunto...e outros....salvos pelas magnificas produções de ficção nacional da TVI (eu sabia que teriam um propósito!)

quarta-feira, 22 de julho de 2009

O Admiravel consultor com H1N1

Ora cá estou euzinha a aprontar-me para mais uma reunião...mais uma daquelas conversas que poderia simplesmente ser feita via email..mas o tuga gosta do contacto físico! Gosta do aperto de mão e provavelmente sente-se sensualmente heróico de saber que corre o risco de contrair H1N1 durante um compromisso profissional, para depois contar aos amigos:
-eu dou tudo pela empresa! Sangue, suor, lágrimas e doenças infectocontagiosas!
Sou um profissional de mão cheia!(mão cheia de bactérias claro!)

Ai virgem santíssima que até fico religiosa!

Um momento de Raiva


Há tanta gente incompetente e irresponsável em Portugal, que tenho vontade de libertar os meus instintos homicidas!!!!


Aquela vontade que dá de pegar na cabeça da outra pessoa e bater com força contra a parede quando nos apercebemos que o nosso pedido ficou "sentado a marinar" na secretária de alguém durante 10 dias úteis e nada se passou!!!


E agora? Quem dá a cara ao cliente? MOI!



Casei com uma prostituta social

Há dias que de facto só me apetece chorar compulsivamente até não haver mais lágrimas para nascer dentro de mim...

Não há uma merda de um fim de semana descansada!

Uma valente caganeira,aos 125 melhores amigos do peito que inventam sempre uma merda qualquer para fazer em bando, como se tivessem 16 anos...de preferência que ocupe as 48h do fim de semana para não terem de estar em casa aturar as respectivas famílias!

E os que gostam de paz e sossego que se fo***!

Vivam aos jobs for the boys que não implicam descansar ao fim de semana! Haja alguém que os tenha!

Que merda de gente!

terça-feira, 21 de julho de 2009

Violência Gratuita


Apetece-me tanto ter uma reunião agora quanto levar um tiro em cada rotula!


Prevê-se ainda mais um emocionante serão a ver futebol....iupi...

Complicometro

Um dia:

Um dia voltarei a ser solteira.

Regressarei ao meu T0
Terei uma cama de casal só para mim
Não voltarei a cozinhar diariamente
Não terei de pronunciar uma única palavra antes de enfrentar a luz do dia

Sairei a cantarolar estrada a fora
Voltarei a reparar no condutor do carro do lado
Regressarei ao ginásio
Perder-me-ei nas compras sem dar cavaco a ninguém

Estarei em silencio as horas que quiser
Sentirei saudades da tua companhia
Possivelmente remorsos da atitude que tomei

Mas serei livre.

Quando for grande

Um dia terei o meu proprio Bistrô. Pequeno e intimista, com ementa diária deixada ao capricho da inspiração da cozinheira de serviço...provavelmente eu.

De segunda a sexta das 11h às 16h. O Carrie's

Para onde foi o Amor?!


Já não tenho tolerância ao teu toque, ao calor da tua mão.



Cada vez que me tocas apetece-me GRITAR!

Falar ou Não Falar, eis a questão


Sinto-me exausta de viver esta angustia.

Viver constantemente no limbo entre falar e pôr a vida que vivo em questão ou não dizer nada e ficar confortavelmente "sentada" no desconforto da infelicidade.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Haverá alguém

Serei totalmente ingénua por acreditar que existirá alguém que queira partilhar o mundo comigo?

Haverá alguém com quem possa passear descalça nas margens do Sena depois de jantar com vista para a torre Eiffel?

Será impossível que não exista um único ser neste planeta disposto a passear de mão dada por Roma? Ou a mergulhar nas águas de Karpathus?

Haverá alguém capaz de me amar assim, tal é qual como sou? Habitante deste universo só meu?

Um dia terei coragem


Ambos sabemos que algo não está bem. Nunca esteve. Desde o primeiro dia em que tomámos a decisão de viver juntos, que nunca o fizemos como seria de esperar: dias cheios de paixão incendiária, de clima de lua de mel.
Não senti que a relação fosse fortalecida por termos tomado essa decisão, como eu achei que seria natural que acontecesse.
Vivemos juntos há 6 meses e parecem 6 anos.
Não vivemos um período mais apaixonados, a nossa vida sexual piorou muito mesmo e nenhum de nós está na verdade feliz, que é o que se pretende.

Penso todos os dias em regressar a casa, à minha casa. nunca senti esta casa como minha ou sequer nossa. Nunca me apeguei porque estranhamente sempre a senti como transitória e por isso choro sempre que por algum motivo tenho de ir à minha casa. Choro por que sinto que abandonei a minha felicidade. Lá fui feliz, sempre. Todos os dias.

Viver juntos tem que ser benéfico para ambos e eu não sinto isso. Sinto apenas que perdi. Perdi, a nossa paixão, perdi o meu namorado (e não ganhei um marido), perdi o meu tempo, aquele que era só meu e que passei a partilhar, perdi o meu espaço, perdi a independência financeira, pois os custos da actual habitação suplantam os custos da anterior, perdi paz de espírito por ter de andar a fazer contas para saber se o dinheiro chega (e nunca chega!) e perdi o sonho de ganhar um parceiro,um companheiro porque sinto que moramos juntos não vivemos juntos. Não partilhamos nada mais que espaço e agenda social. partilhamos conversas, não partilhamos carinho, amor, ternura, amizade, projectos, planos ou sequer gostos.

Apercebo-me agora, que afinal não te conhecia. E dolorosamente aceito a realidade de que somos tão diferentes. Ninguém tem culpa, somos simplesmente diferentes e queremos coisas diferentes.
Eu gosto de estar isolada, protegida do mundo sempre que posso, tu amas as pessoas, a confusão e os eventos.
Eu amo estar a desfrutar da minha própria pessoa, dos meus livros da minha musica e dos meus pensamentos. Tu adoras estar sempre em movimento, não pensar em nada e estar rodeado de pessoas sempre em festa.
Independentemente de juízos de valor ambos temos direito às nossas escolhas e preferências, desde que não interfira com a vontade e a liberdade do outro e isso não acontece.
Se ficamos em casa, tu não paras um segundo, andas contrariado e nem desfrutas da nossa companhia. Se andamos em eventos sociais, eu ando contraria esgotada e exausta de ver gente.

Andar separados para mim não é solução. Pode ser para muitos casais que conheço que levam vidas separadas e são felizes. Para mim isso não é união. Ao fim do 3ª jantar, casamento ou aniversário de se aparecer sozinho é-se imediatamente rotulado de solteiro e descomprometido e se o mundo nos vês e trata assim é uma questão d e tempo até agirmos em conformidade...e ai começam os problemas.

O que quero dizer com tudo isto, e sem ser uma conversa com efeitos drásticos e definitivos quanto à nossa relação, eu vou voltar para casa.
Preciso de reflectir e perceber se me desencantei ou se me desapaixonei. No caso da primeira, remedeia-se com tempo de qualidade e carinho e atenção, na eventualidade da segunda remedeia-se com separação e recomeço de uma nova vida.

Era isto que tinha para te dizer. Esta situação não faz sentido para mim.
O que me dizes?

Semana

Segunda feira é inequivocamente o pior dia da semana. O único que vence a segunda é possivelmente a Terça, pois ainda é o inicio de uma longa jornada e ainda nem o meio se vislumbra.
A Quarta feira é o dia mais irritante. Já estamos fartos de trabalhar, já sonhamos com o fim de semana...mas ainda vamos apenas a meio do caminho.
Quinta é um dia simplesmente cruel, diria maquiavélico, pois dá-nos a esperança do vislumbre do fim de semana mas ainda faltam, dois dias inteiros, portanto 40% da semana.
Sexta feira, é o dia mais benevolente. É o dia em que a motivação do fim de semana nos faz trabalhar mais e melhor, o tempo passa mais depressa e por fim...o merecido descanso do guerreiro.
...e assim se fala em matar o tempo...saltando de semana em semana, colocando a existência em stand-by enquanto trabalhamos, como se o trabalho fosse uma parte paralela não integrada da nossa vida...isto tudo, enquanto o tempo silenciosamente nos mata...



sábado, 18 de julho de 2009

Neura de um Sábado qualquer...

Como se constata...não ganhei o €uroMilhões.
Segunda feira regressarei ao escritório, sem ter tido o prazer de mandar o Boss dar uma curva ao bilhar grande de forma rude e teraupeutica!
Não irei a NY esta semana, nem para as Maldivas....

Nada mudará...

Solidão

Sábado, dia de descanso, piscina e ... mais um irritante compromisso social!

Confesso-me adepta da paz e do sossego e não consigo perceber a necessidade de estar constantemente no meio de pessoas. Quando não há uma data a celebrar inventam um motivo qualquer!
Será que já não há ninguém capaz de estar só e apreciar a companhia da sua própria pessoa?

Não entendo esta fobia mundial da solidão!
A solidão não é uma coisa má! São momentos únicos, cada vez mais escassos em que estamos entregues a nós mesmos, sem ter de fazer conversa de circunstância ou de substância. Podemos fazer o que quisermos sem ter de ponderar a existência de outro/s ser/es.

Ser solteiro e estar só, permite-nos entrar num universo de silencio e contemplação excepcional, sem confusões nem barulho...
O cérebro precisa!

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Estar e Ser Solteiro


Na ausência do Mr Big, apercebo-me com a devida angustia, de que ser solteiro is the next best thing.
Ser solteiro, é diferente de estar solteiro.
Ser solteiro é viver solteiro.
Estar solteiro é viver solteiro e sonhar estar acompanhado.
Ainda não percebi muito bem onde me integro neste esquema de duas categorias, pois eu gosto efectivamente de Ser Solteira! Gosto! Assumidamente, acho fabuloso chegar a casa e .... nada...silencio absoluto...paz total. Adoro acordar de manha e saber que ninguém me vai dirigir a palavra antes do meu banho e do meu pequeno almoço. Amo adormecer e ocupar a cama inteira!

Tenho saudades deste tempo! Tenho saudades da minha casa de solteira...muitas...tantas...

Mas também sei que, no cerne da minha pessoa, reside uma eterna romântica à espera do seu Mr Big. No entanto também não tenho a certeza, para dizer a verdade, se ele existe.
Mesmo que exista, quais as possibilidades de estar livre e desimpedido e à espera de alguém como eu...eu diria que o €uromilhoes é estatisticamente mais viável...

Continuo a achar que ser solteiro é maravilhoso!
O tempo, é todo nosso. A agenda é toda nossa. Os amigos, são os nossos. A familia, por mais estranha que seja é a nossa. Sobretudo, o espaço é efectivamente todo nosso.

O sofá, a cama, o rolo do papel higiénico, a escova do cabelo, o roupeiro, os CD's , os livros, as fotos...é tudo, o nosso maravilhoso universo, feito e talhado à nossa medida.
A casa de um solteiro é o seu reflexo.

A casa de um casal é geralmente o reflexo da esposa.

Enfim, tudo isto para dizer o seguinte: AMO ser Solteira, mas também AMO a ideia de existir por ai um Mr Big à minha espera... num qualquer lugar...

O meu Mr Big...

Onde anda o meu Mr Big?
Tenho alguém em casa à minha espera que não é quem eu sonhei.
Onde andas? Quando chegará o dia em que na troca do primeiro olhar saberás que sou eu aquela por quem tanto esperaste! EStou aqui!
Vamos viver sonhos cor de rosa juntos!
Vamos ler à lareira nas tardes de domingo os dois à janela recostados na chaise long ouvindo jazz.
Vamos passar o verão numa rede de baloiço a beber côcos gelados e a adormecer ao final da tarde.
Vamos dançar à noite, sem musica com um copo de vinho tinto na mão.
Vamos contemplarmo-nos um ao outro numa manha qualquer.

OS meus novissimos Ray Ban (RB4098Jackie OHHII) espero que o Sr. Ray Ban não se importe com publicidade gratuita! São Maximo! Agora só faltam as Maldivas ali, deitadas ao meu lado a fazer jus aos meus novissimos oculos de sol!

Efeito Terapeutico de Praguejar

Para quem tem duvidas...pois que as libere. Não há nada mais terapêutico para o stress do que uma enxurrada, sequencial e completa de palavrões fortes e ditos com entoação grave e compasso marcado.

No transito, experimente...com o vidro fechado por causa dos activistas e da poluição sonora.
Mas onde se verificam grandes efeitos calmantes, são nas situações de stress laboral.
Depois de uma reunião com um idiota sem mérito, sem conhecimento e sobretudo sem um pingo de competência, experimente ir ao WC e dizer com convicção, primeiro de forma mais brusca e depois progressivamente mais lento: Fo**-**, Car****, Ca**~* de Me***, Filho de uma granda p***.... feche os olhos, respire fundo e sinta toda essa raiva frustrada, acumulada e sem direcção se evaporou no processo libertação de tais vocabulos.

Estou convicta de que os palavrões foram inventados na idade da pedra com fim terapêutico e terá sido a igreja a condenar o seu uso!

Traumas

Tenho vários traumas! Tenho traumas de todo o estilo!

Soube recentemente através de uma amiga que alguém descobriu que a Kate Hudson, tem tal como eu, uma orelha mais "abano" que outra! Óptimo! A belissima Amber Valletta, top model nos 90's também tinha e foi o meu conforto psicologico durante a adolescencia.

Sinto-me menos alien por saber de duas mulheres de beleza estonteante que partilham a mesma desgraça que eu.

Quer dizer...agora depois dos 30, who the fuck cares, mas durante a adolescência...foi um assunto que me marcou bastante, especialmente durante as aulas de educação física em que a professora me obrigava a prender o cabelo! Como eu detestava prender o cabelo! É que enfatizava o meu GRANDE defeito físico: o NARIZ...sempre odiei o meu nariz ...e ao contrario de orelha, isso não mudou com o tempo. O Nariz é o nariz, não há nada a fazer para o esconder...e acreditem que bem tentei!
Tinha duas regras de ouro, inquebráveis: nunca tirar fotos de perfil, e nunca ficar ao lado de um tipo giro em qualquer jantar, almoço, festa ou ajuntamento. Eu tinha que ficar frente a frente com o tipo mais giro da festa. Era assim, e as minhas amigas sabiam-no. Não havia discussão possível.

A partir dos 27 anos comecei a ter traumas com a PANÇA. Sim...a pança. Aquela parte incomoda que por muito que te sacrifiques no ginásio, NUNCA desaparece... pode melhorar...mas está sempre lá... depois dos 30, uma pessoa tem que pesar 45kg para deixar de ter pança é ridículo!

Confesso que odeio ver aquelas teenagers com a PANÇA de fora...mas não é uma pança qualquer! É o pacote completo com bóia de salvação incluído! Sai gordura por tudo quando é sitio e elas orgulham-se disso! Usam calças de cintura descaída e top's Xs e sai tudo por todo o lado! Eu se fosse assim tinha que me tornar anoréctica! Como se passeiam orgulhosamente com aquilo tudo de fora? Meu Deus! Deviam criar uma nova disciplina na escola a ensinar estas miúdas que, Ok, anorexia não é bonito mas obesidade não é sexy!!!!

Tapem essas panças nojentas! São todas em forma de cogumelos! É violência visual!

Basta €riar a Oportunidade


Sexta feira à tarde segue sempre o mesmo ritual!

Jogo no euromilhões e fico a sonhar acerca da minha vida enquanto excentrica! Eu daria uma excentrica fabulosa!

A minha primeira decisão enquanto zilionária, teria lugar na segunda feira seguinte:
Boss - Estou? Bom dia Dia Carrie, passa-se alguma coisa? Não veio trabalhar porquê?
€arrie Ex€entri€a - Lamento, deve ser engano. Aqui não reside ninguém que trabalhe! Somos todos €x€entri€os! Ah! Já agora, não volte a importunar....quer dizer...poder tentar, mas este numento deixará de existir em 3, 2, 1. CLACK!

Essa seria a primeira missão!

Segunda missão: NY! Sairia, com a roupita do corpo com destino a NY para adquirir tudo de novo! Roupas, sapatos, maquilhagens, malas de viagens etc...

Terceira passo: Maldivas!

Duas semanas de puro ócio! Maldivas! Conrad Maldives - Rangali Island
Já sinto o calor do sol a lamber-me a pele. O sabor de uma agua de côco gelada. A frescura suave e salgada das aguas cristalinas de um verde azul indefinido a abraçar-me o corpo....muito bom!

Regresso à realidade:
Casa nova! Casa com um alpendre cheio de plantas, mesa corrida e cavalete de pintura. Rede pendurada. O meu Fiat500 marfim por dentro e por fora estacionado à entrada da quintinha.

Casa nova para o irmão. Aos pais. E umas amortizações totais a algumas hipotecas de alguns amigos....
Mesada a instituições de caridade e orfanatos.

Podia continuar...mas a verdade é que, aqui no mundo real, estou sentada no escritorio, com uma dor de costas de bradar aos ceus...deve dos 30 anos (não sei se gosto desta decada!)...e muito que fazer antes das 19h!

Se eu não fizer nenhuma entrada depois de amanha...FIQUEI €XCENTRI€A! Fiquem felizes por mim!

Um sonho de consumismo é melhor que um sonifero!


Esta noite tive um sonho fantastico!
Só eu! Sonhei que estava a comprar uns modelitos tão fashion! A Massimo Dutti era toda minha!
Acordei renovada!....e um bocado desiludida com o guarda roupa...vestir-me não foi fácil.

Telegrama de sexta feira

Hoje é sexta feira stop
Consegui dormir uma noite inteira de seguida ao fim de quase dois meses stop
Dormir sozinha é quase melhor que sexo stop (depende com quem for o sexo e há quanto tempo estamos privados de sono)
Estou imparavel stop

...ou quase imparavel. Hoje pelas 20h...regresso à realidade de um "Casamento" sem certezas, sem frios na barriga, sem palpitações cardíacas, sem sonhos em comum, sem planos de longo prazo, e sobretudo, sem paixão....stop

quinta-feira, 16 de julho de 2009

O Antes o Agora e o Depois

Tenho tanto que dizer que nem sei por onde começar.



O meu casamento começou há cerca de 3 anos atrás. Apaixonei-me perdidamente.

Hoje em dia acordo de manha e penso: que saudades da minha vida de solteira!

Ilusão

Como eu amo fechar os olhos e sonhar com outra vida. Uma vida que não tenho, não é minha.
É tão fácil sonhar. Fácil demais.

Quando volto a abrir os olhos, a névoa do sonho tolda-me por instantes o raciocinio e fico confusa: que vida é?!

Ah ...é a minha!

o Marasmo

Trabalhar, é para quem não escolheu a profissão e se deixou levar ao sabor do vento, um castigo divino, por tal inércia.

A máxima

O Amor, quando deixa de ser Harmonia, deixa de ser Amor

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!