sábado, 18 de julho de 2009

Solidão

Sábado, dia de descanso, piscina e ... mais um irritante compromisso social!

Confesso-me adepta da paz e do sossego e não consigo perceber a necessidade de estar constantemente no meio de pessoas. Quando não há uma data a celebrar inventam um motivo qualquer!
Será que já não há ninguém capaz de estar só e apreciar a companhia da sua própria pessoa?

Não entendo esta fobia mundial da solidão!
A solidão não é uma coisa má! São momentos únicos, cada vez mais escassos em que estamos entregues a nós mesmos, sem ter de fazer conversa de circunstância ou de substância. Podemos fazer o que quisermos sem ter de ponderar a existência de outro/s ser/es.

Ser solteiro e estar só, permite-nos entrar num universo de silencio e contemplação excepcional, sem confusões nem barulho...
O cérebro precisa!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!