sexta-feira, 17 de julho de 2009

Traumas

Tenho vários traumas! Tenho traumas de todo o estilo!

Soube recentemente através de uma amiga que alguém descobriu que a Kate Hudson, tem tal como eu, uma orelha mais "abano" que outra! Óptimo! A belissima Amber Valletta, top model nos 90's também tinha e foi o meu conforto psicologico durante a adolescencia.

Sinto-me menos alien por saber de duas mulheres de beleza estonteante que partilham a mesma desgraça que eu.

Quer dizer...agora depois dos 30, who the fuck cares, mas durante a adolescência...foi um assunto que me marcou bastante, especialmente durante as aulas de educação física em que a professora me obrigava a prender o cabelo! Como eu detestava prender o cabelo! É que enfatizava o meu GRANDE defeito físico: o NARIZ...sempre odiei o meu nariz ...e ao contrario de orelha, isso não mudou com o tempo. O Nariz é o nariz, não há nada a fazer para o esconder...e acreditem que bem tentei!
Tinha duas regras de ouro, inquebráveis: nunca tirar fotos de perfil, e nunca ficar ao lado de um tipo giro em qualquer jantar, almoço, festa ou ajuntamento. Eu tinha que ficar frente a frente com o tipo mais giro da festa. Era assim, e as minhas amigas sabiam-no. Não havia discussão possível.

A partir dos 27 anos comecei a ter traumas com a PANÇA. Sim...a pança. Aquela parte incomoda que por muito que te sacrifiques no ginásio, NUNCA desaparece... pode melhorar...mas está sempre lá... depois dos 30, uma pessoa tem que pesar 45kg para deixar de ter pança é ridículo!

Confesso que odeio ver aquelas teenagers com a PANÇA de fora...mas não é uma pança qualquer! É o pacote completo com bóia de salvação incluído! Sai gordura por tudo quando é sitio e elas orgulham-se disso! Usam calças de cintura descaída e top's Xs e sai tudo por todo o lado! Eu se fosse assim tinha que me tornar anoréctica! Como se passeiam orgulhosamente com aquilo tudo de fora? Meu Deus! Deviam criar uma nova disciplina na escola a ensinar estas miúdas que, Ok, anorexia não é bonito mas obesidade não é sexy!!!!

Tapem essas panças nojentas! São todas em forma de cogumelos! É violência visual!

1 comentário:

  1. Desde adolescente que digo aos meus progenitores: quecas com fins reprodutivos não podem ser rapidinhas! Os acabamentos finais ficam comprometidos!

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!