quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Last call....to Lisbon...

Estou de regresso...



Se por um lado estava com saudades de "casa"...por outro, confesso que voltar , reentrar na atmosfera da realidade é sempre duro e violento.

Regressar a casa foi bom. Dormir na minha cama foi óptimo e retemperador...voltar ao trabalho...bom ...palavras para quê? Rever família e amigos foi a melhor parte do regresso. Matar saudades e trocar presentes... enche-nos a alma de calor.

Nova Iorque...como resumir um universo tão grandioso em meia dúzia de palavras, frases...


Passeei por Central park tal e qual sonhei, com um grande copo de café Starbucks...inspirei o ar frio de outra galáxia fascinante e agradeci o mundo por estar ali...no coração de NY.

Sentei-me nos degraus de Time Square...eu e centenas de outros turistas...a arvore de natal do Rockafeller Center estava já armada, mas a iluminação será ligada no dia 3...o skating ring estava cheio, tal como o do central park...tal como se vê nos filmes...por instantes foi personagem no "Serendipity"...

Comi um pretzel e adorei...apesar do cheiro encher as narinas até à medula todos os dias, em todas as ruas a todas as horas.

Fiz a 5th avenue a pé, e a Broadway...namorei as montras...fazem-se filas ordenadas para ver, apreciar e fotografar as montras do Macy's...ah! O Macy's..... outro ícone....a nossa fadista Marisa estava no Macy's...

Almocei em little Italy e esbarrei com o 50 cent à saída...

Entrei na Abercrombie and Fitch e lá estava a maravilhosa e linda de morrer Juliana Paes.

Fui aldrabada em ChinaTown....como todos os turistas...mas como diz uma amiga minha, só é aldrabado em
Chinatown quem lá esteve...

Fui ao Ground Zero e tive pela primeira vez noção da dimensão daquele espaço e percepção do que deverá ter sido aquele dia...9/11.

Passeei pelo Soho, Noho, apaixonei-me pelas ruas, pelos prédios...aquela arquitectura é algo indescritivelmente belo...todas as ruas eram óptimas para fotografar...de manhã, ao almoço ao final da tarde, à noite...o Empire State Building todo iluminado é fabuloso.

Fui à loja dos brinquedos do filme "sozinho em casa"...

Assisti à "parade" do ThanksGiving e estive no meio das movimentadas avenidas, desertas naquele dia...deve ser dia único no ano...fecharem as avenidas ao transito...

As compras...bom...direi apenas que terei de estudar um plano para pagar o cartão de crédito...

Tudo é grande e grandioso naquela cidade...e independentemente de se fazerem ou não compras é imprescindível ir a NY...pelo menos uma vez na vida....dá-nos uma perspectiva diferente do nosso mundo...

4 comentários:

  1. Ana, recomenda-se vivamente!!!!
    Toca a juntar uns trocos e fazer as malas! Mesmo que não se compre nada...é uma cidade a não perder!!!
    Como nos filmes...mas melhor!

    :)

    ResponderEliminar
  2. E para que saibas, a Sô Dona Sousa ainda teve a distinta lata de me enviar o teu post por mail para haver mais uma verde de inveja!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  3. VIVA a Sô Dona Sousa!!! Assim é que é Ana!!!
    Não épara insitgar inveja!!! É para instigar vontade de IR!!!!
    Vale TANTO a pena!!!!
    Sai amis caro do que ir uma semana para Cuba, Mexico e até Maldivas...mas como esses destinos são romantigos e agora não há partner....bom...viva NY! Capital dos solteiros do mundo (em grande parte por 70% dos homens é assumidamente Gay..)

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!