quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Love, Love, Love

Um amor novo é sempre lindo de se observar.

Enche-me de esperança olhar para uma pessoa que sempre conheci,comedida, ponderada, sorridente e um pouco perdida no meio da multidão, e ve-la radiante, às gargalhadas, espontanea, feliz, destemida, a borbulhar de vida e de amor....

Hoje é uma mulher com uma energia contagiante, inspiradora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!