quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

O meu vizinho senil

Como é do conhecimento comum...tenho um "vizinho" do lado, aqui no escritorio que é senil, coitado, deve sofrer já de alguma surdez, e disso não tem culpa, mas sofre também de serias falhas a nivel de educação. Passo a explicar: para além de ouvir todas as suas conversas telefonicas e presenciais, ouço-o todas as sextas feiras a cortar as unhas com o corta unhas (sim...é verdade, infelizmente...não sei quantas sessões de terapia teria de fazer até apagar esta memoria)...e hoje, neste preciso momento...uma estreia...estou a ouvir uma conversa maioritariamente composta por palavrões...hardcore...não estamos a falar de merda...é muito mais que isso...são os C e os F's....

Sem comentários:

Enviar um comentário

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!