quarta-feira, 10 de março de 2010

O que guardamos no coração

Deixando-me fantasiar acerca de dias quentes de verão, ao volante do meu Fiat500, vinha eu estrada a fora quando fui assaltada por memorias doces de um passado recente...

Lembrei-me de uma tarde qualquer de verão, na piscina lá do condominio...um daqueles dias perfeitos de calor, em que após o pequeno almoço na espreguiçadeira, liamos em silencio, o jornal enquanto o corpo aquecia ao sol ansiando pelo primeiro mergulho do dia...

Lembrei-me do calor, do silencio confortavel e de um outro olhar cumplice...

Depois de passar a tempestade, e à medida que o tempo modifica aquilo que guardamos no nosso coração, recordamos apenas os bons momentos... E a certa altura o Ideal suplanta a Realidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!