quarta-feira, 7 de abril de 2010

Brotherhood of Man

A natureza das pessoas não deixa de me surpreender...

Desta feita, confirmo...o Respeito, deve ser a pratica em maior risco de extinção.
Seja respeitar um amor, seja um amigo, um familiar, um colega...

Para onde foram a moral e os bons costumes?! Não estou a ser sarcástica. Falo muito a sério.
Parece-me que vivemos numa sociedade desprovida de valores, ao estilo "vale tudo2...vejo-o diariamente no meio profissional e vejo, infelizmente, mais vezes do que gostaria, na minha vida privada.

Em conversa com uma das minha melhores amigas soube, que um tipo que eu tinha em boa consideração (e eu raramente me engano acerca do caracter das pessoas), tem a capacidade de ser um verdadeiro filho da mãe....
Ela, sempre no seu bom tom, chamou-lhe imaturidade...palavra que me recuso a validar quando se trata de um homem feito de 27 ou 28 anos.
Houve intenção....dolo....
Para fazer prevalecer a sua vontade, colocou em causa a amizade, de um dos seus melhores amigos....

Quando a lealdade masculina...o ultimo mito urbano, entra em decadência...o que nos resta!?
http://ldhs78.files.wordpress.com/2008/04/friendship2.jpg

15 comentários:

  1. Pois...
    Resta-nos procurar encontrar a amizade e o respeito na blogosfera :)
    Bj

    ResponderEliminar
  2. Mas acredito que cada vez mais há homens que chegam aos 30 com uma imaturidade que até dói, parecem autênticos adolescentes...
    kiss

    ResponderEliminar
  3. Pois é Sofia! Valho-nos isso!
    Eu nunca fui apologista de amizades sem ser face to face, mas começo a gostar desta coisa da blogosfera!!! :)
    Bjooooooooo

    ResponderEliminar
  4. MI....há homens que nem depois de serem pais de filhos e homens de familia!!

    Concordo inteiramente contigo...hoje em dia parece-me que houve um retrocesso no desenvolvimento da especie masculina e esta geração (minha) é retrograda...
    O melhor da vida para um homem de 30 anos, são os amigos, os copos, as playstation e serões a relembrar os "bons velhos tempos" em que faziam exactamente o mesmo que hoje em dia!
    É ridiculo...

    Por isso vivam os homens de 40 anos!:)

    Bjooo

    ResponderEliminar
  5. Lá estás tu com a playstation...

    Cá nas minhas teorias, aos 27/28/29 estás na fase do acabamento do "eu"... Ainda cometes erros, ainda tens duvidas, ainda fazes coisas um pouco idiotas... Mas tudo coisas menores... Se são coisas maiores, como essa de respeitar e HONRAR uma amizade, minha amiga... esquece lá isso porque o mais provavel é já ser algo vincado dentro de ti... E, como sabes, o que está vincado dentro de ti, não muda mais...

    Mas isto são teorias completamente idiotas...

    ResponderEliminar
  6. Miguel, agora fizeste ir reler o post...onde é que falei da PS!?!

    Este tipo teve uma atitude arrogante, desonrosa e indecente...quando os homens começam a passar por cima dos melhores amigos para ver se ficam com a rapariga....e sem qualquer indicio de que a rapariga fique com ele (ele é que acha que é o maior da aldeia dele....pelos vistos)...o caldo está entornado e como dizes e bem (nada idiota mesmo)...é intrinseco....traduz caracter ou falta dele....não se trata de imaturidade.... trata-se de falta de caracter...e ai...não há nada a a fazer....se não discernimento para perceber que está errado, não irá haver nunca.

    ResponderEliminar
  7. Falaste no comentário...

    Aos trinta, quem se gasta mais de (vá lá) 30 minutos por dia na playstation, é porque não tem nada melhor para brincar...

    Até compreendo que se gaste alguma coisa, de vez em quando, para jogar com os miudos, filhos, sobrinhos, netos, sei lá... De resto?


    Falta de carácter é um conceito inexistente! Isso não existe. Existem bons e maus carácteres...

    Toda a gente, cada um de nós, tem o seu carácter. LOL! Nem sempre são fáceis, claro, mas isso não quer dizer que sejam maus...

    Mau carácter é isso que apontas...
    Tira-me do sério, fónix!

    ResponderEliminar
  8. Eu nunca compreendo como te deixo enxovalhar-me no meu proprio blog!!!
    Assim sem aviso!!!!

    Ora bem...falta de caracter é uma expressão!!!! Não sou niilista! Tenho noção do contra senso!!! Eu sei que as meninas da linha ~estão mal cotadas..mas eu sou uma gja inteligente! FONIX!!!!

    ResponderEliminar
  9. ERRATA OFICILIAL:

    Onde se lê falta de caracter, é favor ler: MAU CARACTER.
    Pedimos desculpa pelo incomodo causado pelo avontade à vontadinha do autor do blog que achava que tinha liberdade de expressão....sem se aperceber que aqui vive-se uma ditadura com censura e sem liberdade de expressão!!!!

    ResponderEliminar
  10. Ohhh!!!!

    Desculpa!
    Não tive intenção de te enxovalhar... pelo menos aqui, gira e inteligente! (cof, cof, cof)

    Eu sei que é uma expressão mas muitas vezes, demasiadas, levadas à letra mesmo... Por isso é que falei no assunto.

    Pessoal de mau carácter é uma coisa que me tira do serio... Se pudesse, eu e a maquina do fiambre...

    ResponderEliminar
  11. Onde se lê ERRATA OFICILIAL...por favor ler ERRATA OFICIAL!

    ResponderEliminar
  12. É das poucas coisas que ainda me surpreende é a existencia de mau caracter (viste? para não haver duvidas!!)...será que é muito dificil perceber que não se chega a lado algum? Pode enganar-se uma pessoa a vida inteira, algumas pessoas durante algum tempo, mas não se pode enganar toda a gente para sempre...

    Eu sou pelo pessoal com principcios, bom caracter, valores, e sentido de humor!

    ResponderEliminar
  13. Surpreende o mau carácter?
    Porquê?

    Há pessoas que nunca seriam nada se não fossem assim, tal a incompetência...
    E não se chega a lado nenhum? Claro que chegam... Mas que ideia!!
    É vê-los/as a subir na vida, e a enganar pessoas a torto e a direito... Ok, nem sempre levama sua avante, mas levam muitas vezes. Diria mesmo mais de metade, largamente.
    Pessoal de mau carácter, acredita, são perigosos porque são do tipo paciente, que elaboram planos longos e seguem-nos calmamente até conseguirem atingir os seus objectivos...

    Eu sou como tu!
    Uma mentira já dá um trabalhão e consome demasiada energia importante para outras coisas... imagina esses planos maquiavelicos...

    ResponderEliminar
  14. Os psicologos dizem que tendemos a medir-nos pela nossa propria bitola...e eu apesar de não achar que sou ingenua...tendo a esperar dos outros reacções tipicas de mim mesma...depois surpreendo-me...desiludo-me.

    Em todo o caso achoq eu o mau caracter é mais proprio de mulheres que de homens...as mulheres estão a ficar impossivel...antigamente sabiam como "faze-las" mas não tinham poder nem como....hoje em dia governam o mundo...são perigosissimas...calculistas...

    Eu odeio mentiras...já me lixei muitas vezes...mas acho que é melhor ser condenada por uam acção do que ficar para sempre rotulada de mentirosa...tenho aversão a mentiras..

    claro que há sempre a mentira branca...não digo que nunca nunca minto...estaria a mentir!
    Mas é aquela mentira do: atrasei-me proque apanhei transito e não porque perdi meia hora a escolher a roupa...
    Até porque nenhum homem precisa saber o quanto uma pessoa investe para um unico encontro...

    Portanto nada que prejudique ninguem...

    ResponderEliminar
  15. Talvez haja essa tendência.

    Eu procuro fugir a isso porque senão estava lixado mesmo. Procuro ver no geral, que umas vezes coincide comigo e outras nem por isso.

    Mas compreendo-te pois só as pessoas que gostamos e a quem damos algo de nós nos desiludem... Caramba, gostava tanto de, um dia não muito distante, poder encontrar alguém fiável...

    Eu acho que o mau carácter não é coisa mais de mulher ou mais de homem. É coisa de pessoa de mau carácter mesmo! :)

    Quando se fala em mentiras, o que está implicito nisso é a mentira maldosa, ou para enganar, ou para fugir às responsabilidades (que no fundo é enganar também)...
    Enfim, não ter necessidade de mentir é o caminho... Depois, um erro aqui ou outro ali, toda a gente aceita e não é preciso mentir mesmo. No fundo, é quase fácil, basta ter vontade de... como em tudo!

    O resto não são mentiras. São atalhos para passar à frente!

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!