quinta-feira, 29 de abril de 2010

O pais das esmolas

Eu tenho um problema grave...acerca do qual, nada posso fazer...

Devo ter ar de cruzamento entre Madre Teresa de Calcutá e Dondoca abastada...só pode!

Sou abordada em cada esquina, quase diariamente...
É para a ajuda de berço, para as vitimas de abuso sexuais, para os orfão de um qualquer pais africano, para a abraço, para os bombeiros de Sesimbra, liga contra o cancro, furacão no Haiti, desgraça na Madeira, o Katrina... etc...
Cai-me tudo no prato da sopa! e eu contribuo...mas há limites...

Esta manhã: "gostaria de saber se as crianças com fome podem contar com a sua ajuda atraves de um valor simbolico...de 30€"?

Primeiro, esta merda é chantagem.... que cara fica uma pessoa a dizer "não"..."não posso ajudar as criancinhas com fome"... tenho quase a certeza que isto é de natureza coercitiva e por isso inconstitucional....
E ainda me pergunta: "mas qual o motivo?"...
Eu respondi: Não tenho.
Representante das criancinhas: "mas pode pagar no fim do mês..."  no comments

...posso juntamente com os impostos para sustentar o milhãozito que vive no subsidio de desemprego e outros tantos no rendimento minimo...

MAs anda tudo louco!?

É que eu tenho pena de todas as criancinhas maltradas, abusadas e doentes do mundo mas quer dizer...não dá para tudo...uma pessoa dá  à ajuda de berço para os bebés, depois ajuda os orfãos, depois as mães adolescentes, as pessoas com sida, as mulheres com cancro da mama, o ucraniano sem pernas dos semaforos, compra rifas para o corpo dos bombeiros, ajuda os toxicodependentes em recureração, as vitimas das catastrofes naturais... e no fim do mês quem paga a minha casa, o meu carro, a luz, o gás, a agua, a alimentação?
E porque é que pedem sempre aos mesmos?!

E 30€ é simbolico, desde quando? E onde? No Dubai? Em algum sultanato...talvez....

É que não há dia nenhum! 5€, ok...10€ depende das causas, agora 30€...vão-se lixar!
"recebe um relogiosinho estilo swatch por participar na campanha"...

A minha questão é: os 3 ou 4€ de preço de custo do relogio na China é que poderiam ser doados!

4 comentários:

  1. Também concordo...e o problema é que há ajudas que nunca saberemos se chegaram ao sítio certo.
    bj

    ResponderEliminar
  2. Nem me lembrei do Banco Alimentar...para o qual contibou uma serie de vezes por ano!

    ResponderEliminar
  3. Sofia, eu nem questiono se chegam ao destino senão proque as acções ficam para quem as pratica, mas uma pessoa não pode apoiar as milhentas causas que diariamente pedem ajuda!

    ...mais o pirilampo...a cada minuto lembro-me de outra.

    Eu gosto de ajudar e ser solidaria mas chega o ponto em que me sinto ofendida quando me sinto recriminada por não contribuir...não dá!!!

    Mas eu digo que não e a sra ainda me pergunta porquÊ!?

    ResponderEliminar
  4. Hi Carrie!

    Wrote about you at my blogue!

    Lock for it at cronicasoltas.blogspot.com

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!