segunda-feira, 24 de maio de 2010

Coisas que não suporto!

Inauguro hoje uma nova rubrica:

Coisas que não suporto!

Inauguro com uma das coisas que mais odeio: Pessoas sem capacidade de síntese/expressão/objectividade.

Por exemplo: aquelas pessoas que para dizerem que precisam de uma caneta para escrever começam por fazer o pedido com uma longa dissertação acerca da origem das espécies, ou na teoria do Big Bang.

- Carrie?
- sim?
- quando puder....pausa
- sim?
- mas não é nada de muito urgente....pausa
- sim?
- quando tiver 2 minutos disponíveis....pausa
- simmmmmmmmmmmmmmmm?!
- quando lhe der mais jeito...pausa
- DIGA LÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
- ....agh....quer dizer...deixe...não muito urgente.... pausa
- O que é que precisa!!!!!!!!!!!!! (e na minha mente isto é seguido por um jorrar de palavrões obscenos ditos com convicção, força e intenção!)
-....pausa....deixe estar...amanha ligo a pedir....pausa


Por tudo quanto é mais  sagrado!!! Há gente muito CRETINA!
E no dia seguinte, continua a novela rocambulesca!

4 comentários:

  1. Eu sou demasiado impaciente. Quero sempre que as pessoas vão directas ao assunto, e se isso demora começo a passar-me.
    kiss

    ResponderEliminar
  2. Não lido nada bem com pessoas assim. Só me apetece abaná-las! A minha colega de equipa é assim: para dizer uma coisinha, faz-me um romance. O meu cérebro já se habituou a desligar e só ouvir as últimas palavras. E fico a saber o essencial ;)

    ResponderEliminar
  3. MI...eu não acho que seja impaciencia do receptor...é falta de objectividade do emissor...
    Uma coisa é estar a falar com a minha melhor amiga acerca de um encontro amoroso e ela me dizer: conta-me todos os pormenores....e ai... ela sabe que eu lhe vou contar desde os traumas de infancia do moço até aos detalhes anatomicos para resumir no fim se foi bom ou não.

    Outra coisa, é no dia a dia, no trabalho, numa conversa telefonica...para te darem uma infomração de 5 palavras gastarem, sim, gastarem, 5 minutos do meu tempo.
    Isso é que me deixa doida!

    ResponderEliminar
  4. Dina, é isso mesmo!

    recordo-me uma vez no meu antigo emprego tive um estagiario assim! Ao fim de duas semanas e dezenas de situações diarias (acresce todas as duvidas que um estagiario pode ter)...encostei-o à parede, apertei-lhe os ombros e disse: "FALA, Cara***!!!!"

    Ele nunca mais me chateou....foi perguntar a quem de direito! O Tutor dele, que era quem deveria desde o inicio ter sido massacrado ao inves da minha pessoa.

    Esse tipo até fazia saltara tampa ao chefe...
    a culpa é de quem o recrutou....um tipo chamadio cesar timoteo, na verdade nunca poderia ser competente...e tal como previ nunca renovaram contrato...

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!