quarta-feira, 23 de junho de 2010

Conteudo não adequado a pessoas sensiveis

Há coisas que me levantam tantas questões...


Sempre fui da opinião de que o casamento, pela igreja, é um ritual Católico, que vem no seguimento do baptismo, crisma, e deverá ser seguido, ao que sei, pela extrema unção (são 7 sacramentos...ao todo, desconheço os outros) - faço um parênteses para relembrar que não sou católica e entendo muito pouco do assunto em si, perdoem-me os entendidos se cometer alguma gafe, a intenção não é blasfemar. Não pretendo julgar, simplesmente quero expressar uma opinião ( é que isto hoje em dia não se pode manifestar opiniões sem ofender a torto e a direito...assim, peço desculpas de antemão!) - Ora todos estes rituais têm o objectivo de tornar o homem mais próximo de Deus... sim?

O que a mim me faz espécie ( o que eu gosto desta expressão!), são as pessoas que não ligam patavina à coisa, são baptizadas porque os pais tomaram essa decisão em seu nome, na sua grande maioria das vezes, antes da pessoa sequer falar, ou andar, e no entanto, fazem questão de casar pela igreja, porque a "festa é tão mais bonita".

Chamem-me nomes (não muitos sff) mas isto parece-me um bocadinho de nada hipócrita.... quase blasfémico... comungar neste rito por motivos de estética não fundamentada por convicções religiosas profundas, parece-me fútil...não sei....


4 comentários:

  1. Como concordo contigo, querida. Eu sou católica praticante e como ando num coro já cantei imeeensos casamentos. E nalguns deles, como podes acreditar, era SÓ o coro e o Padre que sabiam rezar! Enfim... Festinha bonita, comer de graça, mostrar o vestidinho e tal... Acredito tão piamente que cada vez mais as pessoas fazem da cerimónia de casamento uma autêntica passagem de modelos.

    Um Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. È que eu penso que deve ser até ofensivo, a quem é seguidor da fé, assistir a essas cerimonias desprovidas de fé...

    dá que pensar, quando nos dizem que o Catolicismo é a religião amis seguida no mundo...se esses dados se baseiam no numero de casamentos deste genero e baptismos de bebes... estão totalmente adulterados...

    Eu acho que o baptismo deveria ser escolha da pessoa e não dos pais...mas isso são amsi 500...acho um abuso de autoridade os pais escolherem a religião pelos filhos logo à
    nascença.

    O meu pai a mim, sempre me disse, aos 18 anos podes escolher areligião que quiseres, até lá, não autorizo baptismos..na epoca pareceu-me duro, mas hoje agradeço...e parece-me bem.

    ResponderEliminar
  3. Também acho uma parvoíce que as pessoas se queiram casar pela igreja só por causa da pompa da cerimónia, e não porque tenham alguma fé naquilo.
    kiss

    ResponderEliminar
  4. infelizmente, são mais de metade das pessoas que eu conehço que se casaram pela igreja...na verdade até hoje...dos cerca de 10 casamentos, só dois valorizavam a cerimonia pelo seu significado e não pela estetica....

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!