terça-feira, 27 de julho de 2010

O refugio do verão

No meio de tudo isto, ontem descobri uma coisa boa!
A Nicky Pellegrino,escreveu mais um livrinho! Tenho a certeza que o escreveu para mim, porque sabe que eu adoro ler os livros dela no verão... aquela literatura leve que ao fim de duas linhas me transporta imediatamente para Itália...ao som e sabor das receitas e dos coloridos das gentes de lá....

Haverá lugar mais perfeito no mundo?

Portanto já cá canta o novo titulo dela, e já me imagino deitadinha na minha toalha de praia, algures ali no guincho sem que ninguém perceba que na verdade estou debaixo de uma romanzeira, numa mesa de bancos corridos a comer mozzarela fresca com mangericão e bruschetta com um fio perfeito de azeite... ao som da conversa garrida dos habitante locais do sul de Itália...

Nicky rapariga, toca a puxar pela imaginação que alguns de nós precisamos dos livros para ter dias cor de rosa!

4 comentários:

  1. Nunca li nada, mas vou procurar...preciso de ler algo assim fresquinho.
    BJ

    ResponderEliminar
  2. Com tantos encómios vou ter que ler algo dessa autora, que nunca tive o prazer de ler.
    Obrigado pela dica.
    JP

    ResponderEliminar
  3. Sofia, vais gostar com toda a certeza!
    Começa pela ordem de edição: caffé amore; a filha do pescador; noiva italiana (este é fraquinho... mas enfim...) e o ultimo,´"ingredientes do amor" ou algo que o valha.

    Recomenda-se! é livro de pouca concentração mas cuidado que abre o apetite!

    ResponderEliminar
  4. JP...não sei se vais gostar, associo muito a livro de "gaja", desculpa a vulgaridade da expressão...se vais experimentar algo ligeiro talvez gostes mais de Victoria Hislop que escreveu dois livros igualmente descritivos ams com uma trama amis intrincada. " A ilha" e o "Regresso"...adorei os dois.

    A Ilha passa-se na Grecia, e o Regresso em Granada... o Regresso enquanto livro é melhor.

    Os homens raramente lêem romances... não sei, pelo menos os que eu conheço...

    O meu irmão, sendo o unico homem que conheço que lê mais que eu, não é adepto... mas ele gosta de coisas menos cor de rosa...

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!