quinta-feira, 8 de julho de 2010

VAmos fazer Saldos à crise

Ontem, para me animar, fui aos saldos....de cartão de crédito pronto a ser sacrificado, já que umas compras animam sempre o espirito...e eu estava necessitada...

Fiquei deprimida!
Que raio se passa em Portugal? Dizem que não se vai de ferias porque não há dinheiro, que os desempregados são às paletes...o que é certo é que cheguei ao shopping, estava já tudo escolhido - nem comento o numero idiota de pessoas a comprar desenfreadamente às 17h da tarde -!!

Pergunto à moça da loja - onde planeava comprar um blaser que andei a namorar uma serie de semanas- ao que me responde: os saldos já começaram há uma semana! Não há quase nada por onde escolher...

E é verdade. Tinha reservado uns trocos para a colecção genial da Oysho...e não havia NADA!
Portanto conclui os saldos em menos de 1h, sai com umas sabrinas, 2 cluth's e uns calçoes....

Gastei na totalidade: 40€....

Não se entende onde anda a crise....

6 comentários:

  1. Rapariga
    Se tiveres oportunidade faz como eu
    Ou melhor o que fiz estas dias
    Fui ás compras e aos saldos mas um pouco mais longe.
    Como fumo o que eu fiz paga-me a viagem e a estadia, fui ás compras a Andorra, comprei tabaco para 6 meses (menos €1.30 cada maço) e umas peças da Timberland que estavam a preços de não as deixar lá ficar.
    Se puderes não hesites

    ResponderEliminar
  2. JP....assim saldos...fora do pais...este ano...já gastei os cartuchos...fiz NY em Outubro..fiquei tesa até agora!LOL

    E eu sou moça modesta nem queria na Timberland... bastava um pijaminha da Oysho!!!!
    Obrigada pela dica e aqui fica uma pra ti: deixa de fumar...eu já estou limpinha há 5 anos...e foi o melhor que fiz!

    ResponderEliminar
  3. o ppl vai comprar...para expiar as frustracoes...

    ResponderEliminar
  4. pois...é possivel mas quando não há dinheiro para umas coisas não deveria haver para outras!

    A mim graças a deus não me falta para pagar contas e comer....porque se fosse o caso não gastaria dinheiro nos saldos certamente...

    Anda tudo a lamentar-se da crise...mas ninguem se comporta coerentemente

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!