quarta-feira, 29 de setembro de 2010

O civismo deveria ser tão importante quando a matematica

Moro há 8 anos no mesmo sitio...exceptuando o ano que decidi experimentar a vida de casada...portanto efectivamente moro na mesma casa há 7 anos.

Um lugarejo que eu acho encantador não pela sua beleza natural que foi sendo resposta ao longo de decadas por predios e moradias e autoestradas, mas pela beleza das memorias que representa.

Este lugar viu casar os meus avós, nascer a minha mãe e a viu a mãe da minha mãe ser avó...

Andei na escola aqui, lembro-me dos passeios que dava com a minha avó pelas colinas a fora até à fonte de agua para a tosse conculsica (que hoje é parte da A5)e de onde era obrigatorio beber uns golos diariamente...assim acreditava a minha avó. Este é o sito que a viu morrer.

Lembro-me de chupar azedas, apanhar papoilas e esfolar joelhos...portanto eu amo este sitio...ainda que pouco reste da sua traça original.... mas eu tento mante-lo intacto na minha memoria.

Claro que como qualquer lugarejo nos suburbios...tem o problema dos vizinhos. Alguns vizinhos são uma praga com a sua falta de civismo, egoismo e com os seus cães... que tantas noites em banco me proporcionam...enquanto eu rebolo de um lado para o outro a pensar...se tivesse coragem, gostava mesmo era de dar um tiro mesmo no meio dos olhos de todos os caes cá do sitio...devem ser centenas...

À parte das minhas diambulações sanguinarias provocadas pela privação do sono...o que mais me irrita ... são as putas das pessoas que não são de cá... aquelas que vêm dos centros populacionais maiores aqui nas redondezas para vir à farmacia ou ao centro de analises clinicas que por um azar do c****** são na porta do lado.
O acesso à minha casa é recuado da estrada....o espaço exacto de um carro... e raro é o dia que para entrar ou sair de casa tenho que ir à farmacia ou ao laboratorio perguntar de quem é o carro. E confesso que 7 anos depois a falta de civismo e egocentrismo das pessoas continua a chocar-me...nunca me habituo à resposta mais votada: "ah... não pode esperar só uns minutos para aviar a receita?"....

As pessoas nao se capacitam que 2 minutos na vida delas são muitas horas na minha porque isto acontece diariamente...e há pessoas como as de hoje, que ainda reclamam e seguem a falar sozinhas quando eu chego e buzino ininterruptamente (ao fim dos primeiros meses há dias que perco a compostura e já nem saio do carro... entupo o transito numa via de dois sentidos com circulação alternada porque só cabe um carro de cada vez... e apenas buzino...).

O Opel corsa de hoje contendo 4 macacos com ar das barracas e musica muito alta ...tiveram a lata de dizer quando o elemento por o qual esperavam entrou no carro: "nem sabes o que aconteceu...tivemos de ir dar a volta ao quarteirão porque chegou aqui uma puta...bla bla bla whiskas saquetas"....

A sério que me tira so serio as pessoas não pensarem...epá isto aqui ao lado da farmacia deve acontecer todos os dias...coitada...

Ninguem entende que apesar de morar sozinha continuo a ter d epedir licença para entar e sair da minha casa...mas peço licença a estranhos!

Já me aconteceu chegar 1 hora atrasada ao meu destino porque uma cretina com ar de white trash decidiu estacionar aqui enquanto foi ver o jogo de futebol do filho à escola primaria... portanto estive quase 3 h trancada em casa....claro que chamei a policia que chegou depois da menina...(a eficiencia do costume... ) a quem eu disse que havia chamado a policia e caso fosse preciso pagar o reboque daria a matricula dela...posto isto ameaçou espancar-me a mim e aos meus vizinhos sextagenarios que sairam à rua em minha defesa... graças a deus que sou querida aqui na rua (da frente proque a de trás é outra historia)...e gosto de cumprimentar toda a gente, mandar cumprimentos etc... sou bem educada na terra que me viu crescer...

Isto tudo para dizer que ainda bem que Portugal não é os EUA porque se eu tivesse acesso facil a armas era capaz de fazer umas loucuras de vez em quando...

Há gentalha muito mal forma neste pais!

13 comentários:

  1. Percebo muito bem o teu desabafo, quando vivia em Lx mesmo no centro morava não ao lado da farmácia mas dos Correios que vai dar um pouco ao mesmo. Quase todo o santo dia tinha a garagem bloqueada e era de doidos, mais um dos motivos que me levou a vir para os arredores...Também muitas vezes as pessoas tinham a lata de ripostar e mandar vir comigo como se fosse eu a fazer a coisa errada! Um dia chegou ao ponto de um taxista parar ali com uma avaria e dizer-me "agora azar vai ter de esperar até vir o reboque" fucking unbelievable Olha desconta nas ondas e no mar é o melhor remédio e claro respirar fundo e seguir em frente. Bjos

    ResponderEliminar
  2. Depois de te ler lembrei-me de diversas situações identicas pelas quais passei e tambem ainda bem que nunca fui levantar a minha licença de uso e porte de arma que cheguei a ter devidamente aprovada...
    Mas de qualquer modo já cheguei a ser um pouco mais pro-activo nas minhas reacções a essas faltas de civismo/educação.
    E para tal aconselho-te a andar sempre com uma carteira de fosforos no carro.
    Não é para acenderes nenhuma fogueira nem atear o fogo a algum carro mas os pauzinhos de madeira dão um jeito enorme para serem colocados nas válvulas dos pneus enquanto o ar se vai escapando...
    E de acordo com a "infracção" faz-se o seguinte, se for ligeira vaza-se só um para que apenas tenha que ser mudada a roda, se for mais grave vazam-se dois para que tenha que vir um reboque.
    Não sei se educa mas que nos sentimos um bocadinho melhor depois de o fazer sentimos...
    Beijo maroto

    ResponderEliminar
  3. Bom dia Carrie, de facto a falta de civismo é maioritaria neste pais a beira mar plantado. Apenas não concordo contigo no que diz respeito aos animais, pois sou dona de 3 e não fazem um pio que eu não permito. A culpa e dos donos essa gente filhos da revolução como eu chamo onde as maneiras e a boa educação ficou presa no cano de alguma arma entupida pelo cravo do 25 de Abril.
    Não existe educação e por isso e questão de nos perguntarmos se os pais são assim como serão os filhos?!?!?

    ResponderEliminar
  4. :(((
    Achei um bocadinho forte a tua frase, os cães não tem culpa.
    Dá um tiro nos donos.

    ResponderEliminar
  5. Tás tramada!! A mim também acontece o mesmo, tenho um café à porta de casa!! Que irritante!!

    ResponderEliminar
  6. Chockie....Fucking unbeliveble MESMO!
    Há pessoas que me incitam logo a ter imagens mentais de violencia gratuita! QUe granda lata!

    ResponderEliminar
  7. Mega, o problema é que essa malndrice...muito bem congeminada, não em resolveia o problema do impedimento do acesso à minha casa...e os donos dos caes, infelizmente têm garagens!... mas é mto bem pensado!

    ResponderEliminar
  8. Utena, eu sempre adorei cães...sempre...alias o meu sonho de reforma na Toscania inclui um Golden Retreiver chamado BEN.... os cães devem ser educados, tal como as pessoas... se esta gente tem filhos que confesso que não sei...não os quero conhecer pois devem ser as coisas mais impertinentes e intragaveis...uma vergonha à raça humana a julgar pelos maus modos e falta de principios dos donos/pais.

    Quando os caes estão caladinhso são deliciosos... e até acho pro bem que sejam bons caes d eguarda e deêm sinal...agora caes que conseguem estar mais de 3h seguidas a ladrar no mesmo compasso...é porque algo de errado se passa com os mesmos...e como conseguem dormir os atrasados dos donos!??

    ResponderEliminar
  9. Querida Kikas...eu sonho com os tiros nos cães em desespero de causa...e por privação de sono...acredita que não seria capaz e memso que ganhasse coragem ou estivesse suficientemente desorientada...contiuava sem o fazer pelo mesmo motivo que nunca matei nenhum dos 7 gatos vadios que se apropriaram do meu quintal durante 4 anos e me custaram ter de re-lavar mta maquina de roupa 2ª e 3ªs vezes; custaram-me duas desinfestações por pulgas aos carros e a à casa (incluindo a noite d ehotel que tive de dormir fora)uma desmontagem d emotor para retiri um que se meteu lá dentro mas que não estva morto cujo abate eu ainda paguei para acabar com o sofrimento do bicho! Sabes que motivo foi? Karma. acredito em karma e não quero regressar na proxima vida coleccionadora de gatos nem de caes...a primeira coisa que me ocorre sempre que vejo aquelas pessoa sque prescindem das suas vidas paera ajudar animais, e o fazem proque se sentem compelidas a tal: carma! Fizeram mal noutra vida, nesta sentem-se obrigadas a cuidar...tal e qual como as velhotas malucas que vivem com 120 gatos dentro do apartamento...

    Portanto está descansada que isto são só desabafos!

    ResponderEliminar
  10. Nokas, um café é pior!!! tem mais barulho! graças a deus a farmacia fecha às 20h!

    ResponderEliminar
  11. Carrie,

    Muito provavelmente ladram porque algo de muito errado se passa com os donos deles.
    Infelizmente estamos num pais que não se preocupa em defender quem trabalha quanto mais quem não se consegue defender.
    E acredita pelo que leio de ti tenho plena consiencia que nunca farias mal a um animal irracional pelo menos :D

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!