quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Se podia gostar de U2? Podia, mas não era a mesma coisa

Aqui nunca se falou de gostos musicais...não sei bem porquê...talvez porque já tenha, há muitos anos, ultrapassado aquela fase comum a tanta gente do: "não posso viver sem musica".

Admito que cheguei a ter um walkman...topo de gama sony, e um discman, também do melhor que havia que pesava quase 1kg...a partir dai nunca mais senti necessidade de adquirir nenhum aparelhometro para ouvir musica ...não, não tenho Ipod nem mp3 player nem nada dessas modernices.... talvez porque tenha um ouvido minino e os aulscultadores só se aguentem nos ouvidos se eu estiver a segurar com o dedo....correr ao som do ipod seria genial...mas nem sentada quietinha eles se seguram quanto mais em movimento.

Vamos lá clarificar: eu adoro musica. Tenho gostos variadíssimos. Mas nunca ninguém me ouviu dizer a minha banda predilecta é A ou B, porque tenho sempre varias...umas mais impactantes em mim do que outras....gosto de muitos géneros...no fundo da minha alma, acho que sou menina do rock...umas fases mais pesadas que outras...recordo-me nitidamente, como se fosse hoje que no 12º ano delirava com Bon Jovi e com Manowar....e não vivia sem Iron Maiden...e Sting...ora portanto, fiel a mim mesma...tinha um espectro musical alargadissimo...para alguns estranhos...os amigos do metal não percebiam como eu gostava de Bon Jovi e o pessoal de Bon jovi irritava-se comigo por eu gostar de Manowar, Iron Maiden e até Joe Satriani...

No entanto...há uma banda que me acompanha há mais de uma decada e continua para mim a ser especial... uma banda que muita gente gosta de ouvir mas mais de 90% atribui as suas musicas mais comerciais a outras bandas...
Essa banda é LIVE e eu fico danada quando me dizem que o Selling the drama é dos James! Outra banda que gosto mas sem metade do talento dos LIVE.

Os LIVE são na minha vida o que os U2 é na vida de 99% das pessoas da minha geração...em mim, e por alguma razão que desconheço U2 nunca pegou.... e atrevo-me mesmo a dizer, sabendo que corro o risco de ser ostracizada da blogoesfera que U2 para mim tem duas musicas porreiras sem as quais posso viver até aos fim dos meus dias....de resto não me provocam...sensação alguma...para mim são como a Suíça...neutros...

Enfim, são gostos e não em vou alongar mais com géneros musicais que me são aprazíveis porque senão não saímos daqui hoje...

Uma coisa é certa...há uns anos a esta parte, deixei de estar a par da cena musical contemporanea...e ouço as pessoas falarem de bandas ou artistas que não faço ideia quem são como por exemplo: Tokyo Hotel ou Nouvelle Vague...(perdoem-me se não se escreve assim!)... e hoje olho para um cartaz de um festival e para alem de Pearl Jam (aiiiiiiiiiiii o que eu suspirei pela dentição perfeita do mais que perfeito Eddie Vedder) que são da minha geração pouco mais reconheço...e surpreendentemente sou tão feliz assim....

11 comentários:

  1. Não vejo nada de errado com os teus gostos musicais!

    Eu adoro U2, é verdade, mas respeito perfeitamente quem não aprecie! Tal como existem n grupos que são idolatrados e a mim não me dizem nada!

    A maioria das minhas preferências musicais recai sobre os anos 80/90...U2, Supertramp, Queen, Sting/Police, James, GNR, Bruce Springsteen (Ok! Ri-te...!) and so on :)

    Bjinhosss

    ResponderEliminar
  2. Sou como tu... passo bem sem ouvir U2 e não dispenso Pearl Jam ou Sting!!

    Mas quanto a Nouvelle Vague... gosto!
    James, já tenho bilhetes no Porto, em Dezembro!

    Tokyo Hotel... acho irritante! (peço desculpa às pitinhas deste país) :D

    Mas sou claramente, da escola do Rock!! ;)

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  3. Haja mais alguém que não goste dos U2 - está bem que já não sou da tua geração, mas mesmo na minha todo o mundo adora os U2, a mim tanto se me dão como se me deu, gosto da Sunday Bloody Sunday, mas passo bem sem ela.

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente agora nao consigo ser indiferente aos U2, mas tambem sempre os achei, neutros...
    Beijinho e ve la se apareces...andas fugida! *

    ResponderEliminar
  5. Leana, muida, onda saiste tu tão ponderada e cheia de bom senso!??!
    Não me possor ir dos teus gostos...e sim, eu tambem gosto do The Boss! LOL

    Police não, mas Sting...AHhhhhhhhhh este sr, mudou-me a vida...foi o unico que até hoje me fez enfrentar a medo de multidões e meter-me no rock in rio há uns anos atrás...O que eu gosto deste sr...

    Se ele tivesse menso 10 anos... era capaz de afiambra-lo!

    BJo e obrigada por não me @pedrejares!!! LOL

    ResponderEliminar
  6. Sutra, eu respeito os meu "pears" e se um amante de Pj e Sting me diz que Nouvelle é bom..eu vou descobrir o que é (eu bem sei que estiveram aqui a 5 min da minha casa há duas semanas...e era gratuito. Estás a ver? se soubesse o que sei hoje, teria dado um saltinho para apreciar).

    James, tenho ai uns 3 cd's deles...era muito fã...mas cofnesso que a obcessão do meu EX por eles...os estragou um bocado

    Mas eu também sou uma rock chick...não é in, mas olha, é oq ue se arranja!

    Obrigada pelo input!
    BJ

    ResponderEliminar
  7. Flor querida, estou contigo!
    È uma ou outra musica mas passamos bem sem elas! Não desfazendo de ninguem!!!Gostos são gostos!

    ResponderEliminar
  8. Somos mesmo da mesma geração:) E eu assumo mesmo que não gosto de U2 nem de Xutos e Pontapés ao contrário de três quartos do mundo...xoxo

    ResponderEliminar
  9. Somos de uma bela geração Chokkie!!! respeitamos a diferença!

    Imagina que tinha nascido na decada de 90 e dissesse aqui que não suportava a Miley Cyrus (é assim que se chama a Ana Montana?!) já teria sido ciber ostracizada!!!


    E posto isto....deu-me umas saudades de NY... não sei bem porque!

    ResponderEliminar
  10. Uma boa noite, Carrie... ))

    Gostos discutem-se, não se contestam.
    Os U2 tiveram uma fase muito interessante até meados da década de noventa (fui vê-los ao vivo no estádio Alvalade em 93) . Depois perderam-se, talvez rendidos a interesses comerciais.
    Dos James gostei sempre e já os vi ao vivo duas vezes. A primeira em 93, no pavilhão do Restelo, com a 1ª parte a ser assegurada pelos Radiohead (uma das minhas bandas favoritas)... a 2ª, dois anos atrás nas Festas do Crato.
    Falando agora de Música no seu todo, a minha onda é o Pop/Rock alternativo, se bem que gosto de músicas de todos os géneros musicais, da Clássica ao Jazz, bastando para isso ter uma sonoridade que me agrade (já as letras não me dizem muito).
    Fiquei curioso quanto aos Live, que não conheço... vou 'pesquisar' ))

    ResponderEliminar
  11. Salvador, aqui vãoa lgumas sugestoes:
    "all over you"
    "I alone"
    "Lightning Crashes"
    "Selling Drama"

    Muito bom, depois dá-me feedback! Eu gosto smepre de partilhar o que de bom se faz neste mundo! ;)

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!