quinta-feira, 18 de novembro de 2010

O falso glamour

E como não poderia deixar de ser.... e porque todos nós temos de ser benevolentes connosco em primeiro lugar... nadei umas horas em auto comiseração...acordei ainda meio afogada em vagas de ansiedade...e ao longo do dia... fui...como sempre faço...enterrando as questões, abrindo o sorriso e cá estou eu...sobrevivi a mais um dia...
Sorrio não porque me apeteça mas porque preciso.
Sorrio não porque tenha encontrado um motivo mas porque de nada adianta não sorrir
Sorrio cansada de precisar sorrir....

E eu como todas as outras mulheres independentes...luto diariamente, incessantemente, sabendo que será assim ontem, hoje, amanha e depois ...e que o peso do mundo recai sempre e unicamente nos nossos ombros...mesmo quando estamos acompanhadas ...quem é independente (que é diferente de autosuficiente) é-o o resto da vida.... e tem o seu que de "sex in the city", mas ao fim de 8 anos cansa. Cansa deitar à noite sabendo que somos nós por nós...e nunca podemos nem baixar a guarda nem tampouco enfaixar a espada...sempre alerta, sempre vigilante, sempre prontas para a proxima batalha...

Ser mulher independente pode parecer glamoroso....mas no final do dia...é simplesmente esgotante...

Amanha...é mais um dia...

6 comentários:

  1. Olá Carrie,
    É mesmo como dizes, amanhã é outro dia.
    É o preço da independência e o que sentes acompanha-me a cada dia.
    Mas se queres que te diga, quando o cansaço dominui, continuo a gostar de ser assim - independente, forte.
    Mas já dizia o meu pai - o ferro é ferro e quebra...
    Nós precisamos de uma mão amiga, que por um momento consiga tirar esse peso de cima dos nossos ombros...
    E que este teu canto e os teus seguidores (eu incluida) te consigam aliviar um bocadinho desse peso.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde, Carrie...))

    Tudo tem o lado bom, e o outro, que pode ser mau ou apenas menos bom. Quando escolhemos um determinado modo de vida, fazêmo-lo seguindo o nosso instinto ou a nossa livre vontade. Quando assim é (e acho que é o caso da Carrie), serão sempre muito mais os bons momentos do que os outros, que acabam por surgir, claro, mas que devem servir apenas para valorizar o que de bom nos acontece.
    Por isso, toca a animar e a sorrir sim, mas sem forçar. Logo, logo, ele surgirá natural.

    Cumprimentos e ânimo, ouviu? ))

    ResponderEliminar
  3. Ora com aquela última frase disseste tudo o que havia para dizer de verdade suprema sobre a condição da mulher!

    Guess who?

    ResponderEliminar
  4. Carrie
    Ser mulher independentene acaba por ser um pouco mais fácil do que o homem independente. Quanto mais não seja pela maior capacidade de gerir e organizar o espaço.
    Daí para te dizer que, como diz o poeta, o sonho comanda a vida e nessas noites é hora de sonhar.
    Força nesse ânimo porque quem tem valores mais cedo ou mais tarde será reconhecido.

    ResponderEliminar
  5. Já estamos no dia que é mais um dia.
    Por isso o meu desejo é que já estejas a sorrir.
    E com um espírito diferente.
    Aproveita o fim de semana e pensa em ti.
    E o resto que se amole.
    Beijo animado

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!