segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

PANICO in no man's land

Não pensem que me FUI!
Não! Estou aqui onde sempre estive...

Aqui a Carrie Maria tirou uns dias para fazer as compras de natal e para aperfeiçoar o surf...mas está de volta...não diria melhor que nunca mas a trabalhar por isso!

Regresso com mais um episodio daqueles que só me acontecem a mim...e que por vezes até eu tenho dificuldade em acreditar...

Sexta feira passada, por motivo de uma troca tive de me deslocar ao Dolce Vita Tejo... para mim, territorio desconhecido, por desbravar ...no man's land...

Estacionei....escrevi no tlm o numero e o piso do estacionamento...sigo caminho para a primeira escada rolante que avisto e tento memorizar as lojas em torno para facilitar o regresso... no topo das escadas...sinto a respiração de alguem no meu pescoço e ouço:
- olhe desculpe?

dou um salto...afinal...eu ali não conheço ninguem...portanto seria um desconhecido...

- Não se assuste que não vou assalta-la (que palavras tranquilizadoras!)!
- ....sim?
- Olhe, não me quer vender as suas sabrinas?!
WTFUCK!??!?!?!?!?
- como?!
- é que eu estudo...bla bla bla...de hamsters e assim escuso de comprar novas, compro usadas. As suas são novas ou velhas?!
- ...(PANICO)...são recentes e não quero vende-las obrigada!
- Espere! mas por dentro são sinteticas ou de pele?
- Não sei e não em vou descalçar para descobrir. Com licença.
- Mas não precisa vender agora, fica com o meu contacto e quando quiser vender daqui a 6 meses por exemplo eu compro-as!
- Não obrigada! Boas festas! (e viro costas...MUITO DEVAGAR...para ter tempo e ver em que direcção aquele animal se deslocava e seguir na direcção oposta)

...viro a esquina...e começo a rir-me do ridiculo da siutação...pensei...tenho que partilhar isto!!! IT'S TO GOOD TO BE TRUE!
 E começo a escrever um sms a umas amigas enquanto me rio sozinha.... eis que não quando ouço:
- então? Já tem uma historia para contar às amigas?!

Só me ocorreu: MEDO! MUITO MEDO!
PANICOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

Conclusão e moral da historia...nós, meninas dos suburbios de Cascais, mais ou menos queques  (neste caso MENOS, muito menos), não passamos de todo despecebidas no radar destas outras especies destes outros ecossistemas longinquos...e isso... é assustador!

5 comentários:

  1. Nem sei que diga... Tu atrais episódios verdadeiramente dignos de filme:))))
    Beijos grandes e bem-vinda de novo...
    Tinha saudades

    ResponderEliminar
  2. Ahahahahaah Carrie querida isto so a ti mesmo...
    ainda bem que avisas ainda não fui ao Dolce e acho que já não vou. Livra!

    ResponderEliminar
  3. Carrie, já sentia a tua falta!!
    Há cada personagem, meu Deus...

    ResponderEliminar
  4. Achei a historia hilariante, apesar de susto!

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!