quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

What kinda Carrie am I?!

"Those that go searching for love, only manifest their own lovelessness. And the loveless never find love, only the loving find love. And they never have to seek for it."

D.H.Laurence


Isto acendeu uma lampada no curso do meu raciocinio...
 
Talvez esta seja a explicação, mesmo muito plausivel, para o meu insucesso no amor...
 
Na verdade, talvez não tenha amor para dar... é bastante provavel.... Ao longo dos anos, e à medida que acumulei cicatrizes de amor, deixei que esse sentimento se esgotasse...não o fiz deliberadamente ....foi acontencendo e nunca tentei evitá-lo...
 
Este é o motivo pelo qual eu nem sequer busco ou aspiro a ter alguem na minha vida... eu não tenho como retribuir...
 
Se outrora fui uma miuda sonhadora e romantica, hoje sou uma mulher romantica mas pouco sonhadora...a minha mãe pergunta-me frequentemente: "o que aconteceu aquela menina doce que eras?"....
 
Essa morreu....começou a morrer com a morte do meu primeiro namorado ( inocencia morreu com ele); sofreu um duro golpe com a primeira traição do meu grande amor...e o meu coração sangrou no dia que percebi que afinal não se morre de amor.... sofreu duros abalos nas duas vezes em que as pessoas envolvidas na traição eram minhas melhores amigas; apagou-se quase irremediavelmente com a primeira nodoa negra, e o primeiro estalo...os primeiros de muitos... da pessoa que supostamente me amava...e finalmente se extinguiu quando me apercebi que estava noiva de alguem que não me amava, nunca havia amado porque basicamente não sabia amar outro que não ele proprio... e agora... quando pensei que haveria uma hipotese de reanimação... enganei-me redondamente...
Agora o amor morreu e tem uma DNR preso ao dedo do pé a dizer: DO NOT RESSUSSITATE
 
Por isso...esta citação faz-me todo o sentido... talvez não me apaixone porque não tenho amor em mim...
 
Talvez...faz sentido...

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

O devastador poder de uns minutos...

Dizem que há uma linha tenue entre o Amor e Odio... e hoje entendo porquê....mais, hoje, acabo de passar essa linha...

Se há coisa que não admito é que coloquem o meu trabalho, profissionalismo ou a minha inteligencia em questão. Não admito.
Falho como toda a gente e sou a primeira a admitir e a corigir assim que detecto o erro....

Agora estar diante de uma falta de profissionalismo e etica profissional CHOCANTE - ainda que nos seja alheia - e ainda defender essa grave falha, não admito e ainda sacundindo a agua do capote! é inadmissivel....

Para um cliente/parceiro ouvir: "o meu estabelecimento tem livro de reclamações, estás à vontade", é inaceitavel....faze-lo em tom agressivo e uns decibeis demasiado elevados é intoleravel.... e vindo de quem ainda há menos de um mês me amava declaradamente... é .... para mim.... indizivel... inexplicavel.... insuportavel....

Acabo de passar a linha que separa o Amor do Odio...não que sinta odio...mas sinto o oposto de Amor...e é impressionante como tudo o que de bom guardava dentro de mim se desvaneceu com o "CLACK" do telefone a desligar ao som de tibres elevados e palavras jogadas fora...

Sim... fiz essa travessia...não merecia...mas fiz...e agora, enquanto seguro com as mãos os pedaços do meu coração, tenho que ir arranjar forças para explicar a  um cliente porque é que ele vai ser defraudado numa insituição recomendada por mim e pela minha empresa, num negocio mediado por nós...

E não só perco este cliente, como os varios negocios que ele me aportou.... como vou perder um amigo...porque não se trata de um mero cliente ...é meu amigo antes de ser meu cliente...e no fim...terei que arranjar forças para não odiar quem até há breves minutos estava nos pincaros da minha consideração e do meu coração...

Sinto-me triste, desiludida, decepcionada e sobretudo irritada comigo mesmo... porque I didn't see it coming??? ... fui apanhada desprevenida... na curva.... e agora tenho dois problemas...defender os meus clientes contra estas atrocidades cometidas por este parceiro....e gerir os meus irreversiveis danos emocionais em simultaneo....

acerca da vida...

Hoje, pela primeira vez em meses, mesmo muitos meses...senti-me feliz por ser quem sou, por viver a vida que levo e até..... shiuuuuuuuuuuuu não digam a niguem.... contente com o meu emprego..."e esta ein?!"

E a cereja em cima do bolo...é aquele HOMEM delicioso.... que é a nova cara da L'oreal ...Gerard Butler....por amor de deus...é que nem tenho sentido necessidade de açucar à sobremesa.... he's eye candy!....the light kind!

ehehehehehehehehehe

NOTA: para perceberem a importancia deste sr.... aqui fica... http://sexoealocalidade.blogspot.com/2009/11/le-roi-est-mortvive-gerard-butler.html

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Back to Myself

Hoje...é dia de aula de dança...

E devo ...informar os meus carissimos de que a Carrie Bradshaw...as you knew her...is ALMOST...back! ;)

Passadas todas as fases complexas de um amor...nem diria proibido mas...impossivel... desde o encantamento até ao momento da consciencialização e aceitação...que é importante - eu andei em negação quase 3 meses... e digo eu que tenho alguma intleigencia emocional...o peixe morre sempre pela boca! - passando pela quebra do encantamento e o assentar os pés na terra, resignação... até à "normalidade"...bom... o caminho é longo, e é duro...mas há muitos anos que sei que não se morre de amor...por isso.... cá estou eu de regresso, já na recta da meta... almost my old self...

Almost cool, almost calm, almost at peace....

Tic tac

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Matematica

A campanha da Viva Fit anuncia que o desconto´na inscrição é igual aos centimetros da nossa cintura....
Eu questiono-me....para quem tem uma cintura superior a 100cm....vamos arriscar e dizer 120cm.... a Viva Fit pagará para a pessoa se inscrever? Dado que o desconto será superior a 100% do custo....???

Uhm....I wonder...

Quando era tudo à mão não havia granel

Ontem estive quase 1h para exercer o meu dever civico....votar...
Numa sociedade arcaica, de marmore, gelada até à medula... mas aguentei-me...firme e hirta... provalmente dado o estado de congelação....

Estava impressionada...confesso que primeiro com o numero de gente com mau ar daquela terra, com a quantidade assustadora de kispos a fazer fffft ffft...fffft....ffffttt....segundo com a falta de bom senso generalizada...

É certo que não está correcto não informarem que aquando da emissão do cartão de cidadão ocorre uma alteração de numero de elitor e bem como actualizaçãod a area de voto...mas quer dizer...os voluntarios que lá estão ... não têm propriamente culpa do sistema, ou da ineficiencia do mesmo... nem do congestinamento ao portal do eleitor, nem da falta de informação do mesmo, nem do congestionamento das linhas telefonicas da junta nem sequer de não terem disponibilizado os terminais de leitura dos ditos cartões....

Ou vi coisas absurdas do genero: "olhe! aponte ai: Maria Ermelinda de Jesus não vota porque não pode!"

Ou ainda: "eu já nem vinha com vontade para votar, é da maneira que me vou já embora!"

Ora minha gente... os tipos que lá estão a recolher votos, estão apenas a tentar facilitar... não mandam nada! Coitados! O dia inteiro a ouvir desaforos!

Um ainda me olhou com um ar que me dizia: "descompoe-me lá que eu estou pronto...".... "ah a senhora desculpe a demora.... mas nós não temos culpa..."

Eu...que nem abri a boca dado que o meu impedimento não foi o cartão de cidadão e as alterações daqui provenientes...eu perdi mesmo o cartão de eleitor...por isso...estava ali caladinha que nem um rato... e foi isso mesmo que respondi ao rapaz... de ar abatido e alma cansada...

Que foi uma vergonha? Foi.... que não vejo nexo algum em alterar o numero de eleitor...não vejo mesmo...

Mas com menor ou maior demora... bom...lá se votou....

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Os assassinos do raciocinio logico

Tenho uma amiga....executiva,cargo de responsabilidade, profissional de merito reconhecido...inteligente...

Como tantas outras mulheres que conheço, no que toca ao assunto HOMENS.... nada desta inteligencia racional importa... porque quando "eles" nos invadem o coração, os neuronios emocionais entram em overdrive, fazem curto circuito e resta-nos apenas um instinto primario e irracional....

É impressionante analisar uma destas "super-mulheres" na sua area de conforto, onde são reconhecidas...são confiantes, caminham de cabeça erguida, certas do que valem e dos seus atributos...
Fora da sua area de conforto...são teenagers inconscientes, desprovidas de qualquer capacidade de antecipação, racionalização, previsão...ou por outra...deixam de ser calculistas, racionais e logicas....e passam a ser passarinhos assustados caidos do ninho...

Esta manha recebo um telefonema:

Super-mulher: Amiga...acho que borrei a fotografia toda!
Eu: Então.....

SM: sabes aquela foto em que o meu namorado (novo ...de um mês) tem no Facebook com aquela mulher estrondosamente bonita....?gulp (eu ouvi-a engolir em seco....do outro lado da linha)
Eu: ..... ai.....sim....sei....

SM: ....tive uma diarreia mental ontem às 23h da noite e enviei um SMS (WTF!!!!!!) a perguntar quem era porque não podia continuar a fingir que me era indiferente....

....silencio.... (oh by the love of Christ!!!!)

Eu:....amiga.... perguntaste isso por sms!? Já não haviamos traçado um plano para teres essa informação? Não te tinha dito para o convidares para jantar, casualmente abrires o FB, dizeres que gostavas tanto de determinada foto e como quem não quer a coisa...."oh, quem é esta miuda gira?!"

SM: ...sim...eu sei...mas deu-me um ataque de insegurança! Afinal já estamos juntos há um mes!!!
Eu: mas tu sabes que os homens não são como nós...não vão a correr tirar as fotos do FB, nem tão pouco as fotos lá de casa quanto mais!

SM:...eu sei! e agora!!!???? E se ele não me responder? e se estraguei tudo? e se ele ficar chateado? Vou mandar-lhe um sms a perguntar se ele está chateado!
Eu: CALMAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! Não vais dizer nada! Vais dar tempo ao tempo que ele vai falar contigo. Não acredito que isto seja o suficiente para abalar a relação...ele não deve ter gostado, seguramente, mas não se vai fastar de ti...respira!

SM: não estás a perceber? Não dormi! Agora tenho aqui um cliente para fazer investimentos e nem consigo pensar!!!
Eu: se ele não te disser nada ligas, nada de SMS, depois de almoço! E nada de te mandares para o chão a pedir desculpa antes de medires o tom de voz com que te atende! Calma! Pensa!

Ora, dois telefonemas e 4 mails mais tarde, com esta SM, ela propria admitiu que não pensou. Sentiu necessidade de ver as suas inseguranças "asseguradas" e Zás...nada de antever a reacção ou calcular as consequencias...uma coisa que ela faria se o assunto fosse de ordem financeira por exemplo...

...Isto é-me interessante analisar e pensar, até que ponto, farei igual quando sou eu no lugar dela...porque se eu fico tão irracional quanto ela....as probabilidades de armazenar a informação e as memorias de forma errada ou deturpada são elevadas... penso que até a memoria poderá ficar afectada...e a sua capacidade de selecção passe ainda por uma peneira gigante...

Porque é que isto só acontece com as mulheres...é que eu gostaria de saber....

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

the other me

Sabem do que estava MESMOOOOOOO precisadinha? FERIAS....

Tanto se me dá que fosse uma semana de Snowboard, ou uma semana de Sol&Cocktails ...desde que fosse uma semana longe daqui, longe da rotina, do trabalho, de 99% dos amigos e afins...longe de MIM!

Uma semana num outro sitio onde pudesse por em practica o refrescante exercicio de experimentar ser OUTRA.

Outra novinha em folha mas em segunda mão...outra que não eu...

Só fazer de conta, claro...dado que nunca deixarei de ser eu...nem quero...mas gostava de me desenjoar de mim....porque francamente, há cerca de 3 meses...que ando enjoada de mim mesma...destes pensamentos pegajosos cheios de esperança cor de rosa, acompanhados pela Original Sound Track composta por longooooooooos suspiros, e alguns insuspeitos ai-ai's....e sobretudo longe de sentimentos lamechas de saudades, desilusão e tudo o resto que não consigo controlar com a força da minha mente racional...

Uma semana longe desta Carrie Maria que consegue, como nos tempos de liceu, passar uma noite inteirinha a ouvir musica romantica e a sonhar acordada (BLHEC! WHAT?S WRONG WITH ME?!)...e uma semana, a fingir que nada disto aconteceu e a fingir que sou A eu de sempre, sarcastica, controlada, controladora e em control....

yes....that would be...much better!

Qualidade de vida

Há muitos anos atrás...algures entre 2001 e 2003, tomei uma decisão que me condicionaria a vida profissional para todo sempre....e confesso que existem momentos em que penso se não terei saido prejudicada dessa decisão...mas em dias como o de hoje, recordo-me porque razões o fiz e continuo a pensar da mesma forma.

05:30h....toca o despertador.
Para quem vive em Cascais, trabalha em Cascais e entra às 10h da manhã...enfrentar a perspectiva de um dia inteiro passado em Lisboa...é...à falta de melhor expressão...aterrador...

Quem vive em Cascais, tem de ter SEMPRE em mente: se precisa estar no centro de Lisboa antes das 9h , que tem duas soluções ou direi alternativas(?):

1º passar as portagens de Carcavelos antes das 07:15h, chegar ao Marquês às 7:35h e secar até às 8:30;
2º passar as portagens de Carcavelos depois das 07:15h e chegar ao Marquês...num dia bom e sem acidentes algures perto das 09h...sem garantias de ser uns minutos antes ou uns minutos depois.

Ora, eu, como tenho aversão a atrasos e abomino pessoas pouco pontuais, para alem de considerar de uma falta de profissionalismo atroz... Assim opto sempre pela primeira opção...

A decisão que tomei há quase 10 anos atrás, foi, de nunca mais voltar a trabalhar em Lisboa, até porque entretanto se deu uma descentalização e Lisboa deixou de ser o centro do pais... Temos por cá, o Tagus Park, a Quinta da Fonte e o Lagoas park (apenas para nomear os business mais importantes...não são unicos) que já concentram importantes polos de empresas....

Hoje, quando o despertado tocou... ao estilo zombie e a praguejar contra o mundo lá me despachei... sai de casa 7h....escuro....noite... podiam muito bem ser 3h da manha... cheguei ao Marquês às 7:35h....estacionei o carro...fiquei a ler...entretanto lá o sol nasceu...e sorte que hoje houve sol... entrei para uma cave medonha sem janelas...de onde sai, eram 13h, regressando às 14h e de onde sai já passavam das 18h e era escuro...mas escuro mesmo....

E pensei para comigo... "Carrie Maria....se tivesses de fazer isto diariamente, e passar semanas sem ver o sol, mais do que breves minutos durante a hora de almoço....cortavas os pulso e davas um tiro em cada rotula"...

E eu pregunto-me: "como consegue o resto da população que trabalha em Lisboa?!"...."como não se suicidam?!"

Diariamento, saio de casa pelas 9:15h, faço a marginal, com o sol já alto no ceu.... almoço nas esplanadas do centro, tomo café ao sol a meio da tarde e quando tenho de sair para reuniões, ando ao sol, marginal a fora, vejo pessoas nas esplanadas, na praia, a passear... sim nunca saio antes das 19h, mas entretanto, farto-me de ver sol....o alimento da minha alma!

Isto...senhoras e senhores... não há dinheiro que pague....

Se podia ganhar mais ou ter uma carreira melhor trabalhando em Lisboa? Podia...mas não era a mesma coisa.

Viva o movimento slowdown... eu subscrevi e continuo a subscrever.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Portugal dos pequeninos

Já não se aguenta tanto gossip acerca do caso Carlos Castro e o menino modelo...
Juro que não compreendo o que é apaixonante acerca disto...à parte de ter sido in NY...please!!!

O Sr Castro tinha idade para ter juizo...eu com 33 anos, jamais estaria com um menino de 21...pois saberia que sabia bem mais que aquela alma e estaria a meu ver, entenda-se, taking advantage.
O menino dos 21 anos, deveria ter tido o descernimento de não se ter envolvido com um sr com idade para ser avôzinho. Mas cada um como cada qual... WHO THE FUCK CARES?!


O acto em si, foi macabro, e independentemente do que se possa ter passado, nada justifica o que aconteceu, mas tambem acredito que o puto se tenha passado. Ponto.

Matou, confessou, agora vai preso. Ponto.

Já ninguem aguenta as piadolas, os ajuntamentos publicos a favor, os mails quase virais sem humor, sem graça....CHEGA!

Começo a ponderar se isto não terá sido um golpe para desviar a atenção da crise socio-economica ou das eleições...e pior é que está a resultar....

in another's shoes...

...Por vezes questiono a mente dos outros... e pergunto-me se questionarão também mentes alheias...

Penso que existirão muitas pessoas, muito pouco interessadas em perceber como funciona o resto do mundo...a psique de outrem...


Isto à conclusão de um convite para pequeno almoço...que recebi esta manha...que poderia ter conduzido a uma manhã gloriosa...mas não foi a lado algum...apesar de ter quase a certeza que a outra parte ficou convencida que ganhou imensos pontos....(curiosamente and God knows why!)

Raramente me desiludo...já aqui falei sobre isso...porque raremente espero algo dos outros... e hoje, não posso dizer que me desiludi mas desencantei-me seriamente...

Existem poucas coisas que um homem me possa dizer ou fazer que me perturbem tanto quando insultar a minha inteligencia... e fazer-me sentir... just another piece of meat...

Mas o meu pequeno almoço foi assim...primeiro, os meus olhos não estão no decote ( e nem se percebe que nem sou avantajada...faltou-me pouco para sair ao pai...mas enfim...), segundo, o facto de gostar de um tipo, não quer dizer que me apeteça discutir assuntos de natureza sexual ao pequeno almoço, especialmente quando não dormimos juntos....

E mais uma nota informativa que gostaria de ter dado e não dei: quando disse que tinha saudades de o ver, quis ouvir um: eu tambem e não um "estás apetecivel"...

E quem outrora me dizia todas as manhãs: estás tãaao linda!!...com toda a sinceridade e brilho no olhar não pode honestamente achar que tem o mesmo charme ao dizer-me: "estás com um olhar....naughty!!!"

Por amor de deus!

Mas fez-me bem... é sempre bom quando estamos a tentar esquecer alguem...ser tratada assim...só ajuda...é estar a nadar a favor da corrente sem se aperceber...

E aqui volto ao inicio...será que ele ponderou como me sentiria ao ouvir todo aquele discurso carregado de cariz sexual?!

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

spring-jacking

Hoje pela primeira vez em muitas semanas vinha a conduzir para o escritorio....pela marginal, como sempre e dei por mim, novamente feliz por estar viva, por viver a vida que vivo .... simplesmente porque esta manha estava uma manha extraordinariamente linda, cheia de sol e fresca...como é habitual em Portugal...
Hoje S. Pedro, permitiu-me recordar porque é que gosto de Portugal! O Sol brilhou, o mar estava espelho e o frio era refrescante...

Definitivamente...a crise instalada na mentalidade colectiva, não tem apenas causas socio-econominas concretas, palpaveis...a verdade é que o inverno tem sido rigoroso, prolongado e portugues que é portugues não suporta mais de 3 dias seguidos de chuva e mau tempo e S. Pedro não tem dado treguas....

O verão não soube a verão...choveu todos os meses, e o inverno que costuma ser rapido e indolor tem sido implacavel, interminavel e tem tomado de assalto a primavera e o outono, roubando-lhe protagonismo, tempo de antena, de direito!.... temos tido 3/4 do ano inverso e 1/4 verão quando costuma ser ao contrario....

Por isso...e pelo bem desta nação... S. Pedro...segure o SOL por cá...é vitamina para a alma e andamos todos bastante afanados de crise viral...

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

the dangers of illusion and disappointment

A dimensão da desilusão provocada por uma só pessoa varia na mesma razão da quantidade de ilusão que nos permitimos em relação a essa mesma pessoa...

Com os anos, aprendi a nunca esperar nada de ninguem....regra geral... não me desiludo....faço o mesmo com Portugal...como não espero nada e vivo perfeitamente desligada das ditas "actualidades"... já pouco ou nada me surpeende ou desilude...

Com as pessoas não é tão facil, mas não é impossivel... salvo, uma unica excepção: é humanamente impossivel apaixonarmo-nos por alguem sem criar algum tipo de expectativas...ainda que possam parecer mediocres a quem está de fora...para quem as cria...a queda causa a mesma dor de uma full blown ilusion.

Esperar que alguem nos telefone ou se preocupe connosco e ver essa expectivativa estilhaçada hora após hora, tem o mesmo impacto do que esperar um amo-te e ouvir silencio...doi no mesmo sitio... naquele sitio onde o coração salta os compassos...

E de vez em quando....de longe a longe...à media de 10 em 10 anos....permito-me ser levada por alguma restea de cor de rosa que ainda não se converteu ao cinismo e sonho...claro que o resultado é sempre o mesmo.... é que acontece quando colocamos a nossa felicidade em mãos alheias...

Eu defendo cheia de convicção que a nossa felicidade nunca poderá depender de factores externos, e regra geral...99% dos dias vivo por este principio... excepcionalmente e para comprovar a regra, crio ilusões, expectitivas e coloco o meu delicado coração e a minha fragil alma, ou partes, nas mãos de alguem que me permito acreditar ser diferente.... não sei porque o faço....mas faço-o....

O desenlace é sempre, mas sem excepção...a minha desilusão seguida de uma ou varias sessões de auto flagelação para ver se fica gravado na minha mente emocional...que a minha felicidade depende de mim...e principes não existem.... I should know better than this, but the child in me tends to give the world of man endless chances to redeem itself...for that brief dream, that....dreams do come true....

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!