quinta-feira, 24 de março de 2011

Quarentena ao país

A crise chegou finalmente à minha porta...

Há quase 3 anos que ouvimos falar de crise...falava-se na crise mas a verdade é que nada havia mudado...até agora... a situação actual preocupa-me, confunde-me, baralha-me....

E eu já disse aqui uma vez, e volto a repetir e a disponibilizar-me... coloquem o pais nas minhas mãos....que resolvo isto em 4 anos....mas tenho de ter carta verde, e chego com aviso previo: Ditadura...

Há misterios que nunca serão desvendados neste pais.... e gostava que alguem me explicasse porque é que uma das primeiras medidas de austeridade foi reduzir as reformas superiores a 1500€ (como se fosse uma obscenidade)...é que, meus senhores....as reformas de 1500€ não são as responsaveis pela situação do país!
Porque não acabam com o subsidio de desemprego antes dos 30 anos!? Por exemplo???
Primeiro, quem tem uma reforma de 1500/1700 ou 1800€ trabalhou a vida interia para te-la... e quem tem subsidio de desemprego aos 26 anos não quer trabalhar! PONTO!

E que tal reduzirem salarios publicos superioes as 2500€?! e acabar com subsidios de apoio à habitação dos
Juizes que ganham 6000€??? ficariam realmente mais pobres com menos 800€??? REALLY?!?!?
E já agora alguem me explique porque é que as altas patentes do exercito, marinha e forças armadas têm direito a não pagar agua luz e gás!?!?!?! Coitadinhos... o que seria deles se tivessem de pagar pelas utilidades?
E já agora porque é que não se acaba com os motoristas dos cargos publicos??? Quem tem dois braços duas pernas e carta porque precisa de motorista? O resto dos comuns mortais não tem de conduzir??

Palavra de honra que não entendo este pais...

Quando andava na Faculdade tinha uma colega estudante que tinha um emprego de sonho... trabalhava (exporadicamente) como dama de companhia das esposas do corpo diplomatico... e recebia (mensalmente)o que na altura era uma fortuna...duzentos contos, e os vestidos, cabeleireiro e tudo o mais que a ocasião exigisse tambem era subsidiado...

É aqui que as medidas de austeridade deviam ser aplicadas..

O subsidio de desemprego é uma coisa que a mim me faz..."especie"... como referi...antes dos 30 anos, não deveria de existir...segundo, são na verdade necessarios 2 anos para encontrar emprego??? porque não 6 meses dos 30 aos 40 anos e 1 ano posteriormente??
É que trabalho HÁ...bons empregos é que não...

Por incrivel que possa parecer...eu terminei a faculdade há 11 anos... e ainda tenho colegas de curso que NUNCA trabalharam à espera de um "emprego na area"...entretanto casaram e são os maridos que as sustentam... e umas outras estão hoje a trabalhar em boutiques,.... porque perderam validade no mercado....portanto em Portugal o Status de uma carreira é castrador porque a nossa metalidade o permite!

Se eu gosto da area financeira??? Na verdade gosto da area de formação, gosto de comunicação, gosto do marketing, da Publicidade...mas quando percebi que o meio funcionava com redes informais de conhecimento...AKA cunhas.... fiz-me à vida... comecie a trabalhara  tempo inteiro durante o ultimo ano de faculdade e até hoje, estive sem emprego 2 meses na vida... se gostei dos trabalhos que tive??? Não...honestamente não...mas trabalhava, ganhava dinheiro, e consegui a minha independencia...

Tenho um colega comissionista que não vende há mais de um ano (!!!!!!!)...com 40 e muitos anos, a ex mulher sustenta na integra os filhos e os pais dão-lhe mesada...
Nitidamente já se deveria ter lançado noutra carreira e percebido que não vai vingar nas vendas.... e fala alto e  bom som que VAI (um dia indefinido) agarrar o que tiver de ser...mas todos nós, amigos e colegas, conhecemo-lo o suficiente para saber que ele jamais trabalharia num armazem por exemplo...
 Com a idade e a falta de formação não é facil conseguir O tipo de empregos que ele ambiciona e os trabalhos que poderá conseguir não os aceitará...por pior que fique a situação..

Portugal está doente....e as gentes de portugal tambem...

De tudo o que se diz acerca da crise apenas uma coisa me fez sentido:
se tudo acontece por uam razão e não há acasos, a crise, veio forçar-nos de volta ao essencial, veio colocar-nos as prioridades no sitio certo e fazer-nos assentar os pés na terra...pois a população têm vivido com o enfoque nos plasmas LCD's, telemoveis de ultima geração, smart cars e viagens à votla do mundo... a Crise veio gritar-nos na cara que o importante são as pessoas. O indispensavel é o frigorifico cheio e a alegria é estar rodeados dos que amamos gozando de boa saude....

6 comentários:

  1. Quem trabalha no sector publico deveria ser PROIBIDO SOB PENA DE PRISÃO de fazer greve!

    ResponderEliminar
  2. Aplausos de pé!!!!Dos juizes sabia do incentivo de 800€ agora essa das altas patentes sobre a´luz e o gás desconhecia...isso são afrontas a quem trabalha e paga contas...

    ResponderEliminar
  3. É verdade Verinha....estas obscenidades e muitas outras.... e depois vêm cortar nas reformas! Porque não nas reformas publicas??? Porquê as reformas superiores a 1500€ de quem trabalhou a vida inteira?
    Eu concordo em cortar reformas mas as milionarias as 5, 6 , 7 mil euros!

    ResponderEliminar
  4. Amiga,
    Antes de mais é óptimo ler-te. A tua objectividade é refrescante neste estado em que as pessoas andam assustadas com o papão e não com o que realmente deve ser.
    Beijinho
    Aplausos de pé

    ResponderEliminar
  5. CLAP CLAP CLAP aplaudo de pé este texto está fenomenal, é exactamente assim que me sinto embora nao fales de sentimentos.
    parabéns pelo texto.
    kis :=)

    ResponderEliminar
  6. Obrigada Meninas!!!! Se me elegerem para governar contrato-vos!!! LOLOLOl assim passamos de jobs for the boys para jobs for the girls, mas girls sem medo de arregaçar as mangas e por a boca no trombone! ;)

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!