sexta-feira, 29 de julho de 2011

Este ia ser o POST positivo...quase iluminado

Nos dias mais cinzentos, reclamo da vida. Reclamo de tudo um pouco. Penso no emprego que gostaria de ter e não tenho, na vida que gostaria de levar e não levo, de quem gostaria de ter a meu lado e não tenho, de quem gostaria de ver bem e não vejo.


E os dias sucedem-se assim e vamos trabalhando, praguejando, sorrindo, andando, debatendo, sofrendo, lutando, apostando, confiando, amando, perdendo, conhecendo, sonhando, imaginando, reclamando, descansando, pensando, caindo, levantando, reerguendo, indo a jogo, falhando, construindo, sucedendo, pressionando…

E nos dias de sol e mar… retiro-me do palco que é a minha vida, olho-me da perspectiva do espectador e penso…. Isto, nada mais é, que a vida a acontecer.

Tem de haver equilíbrio entre o que sonhamos, o que conseguimos, o que perdemos, para que possamos atribuir real valor à intensidade do caminho da vida a desenrolar-se a cada segundo à nossa frente como uma estrada livre pronta a ser conquistada.

                                        ........................................................
Por esta linha estava a receber um telefonema...de alguém que mais uma vez está ser completamente "endrominado" por uma mulher... que prende o filho num fio em frente do caminho tal e qual cenoura em frente a BURRO!

E só por isso...neste momento não me apetece sair do palco... apetece-me permancer por aqui a nadar nas lagrimas de autocomiseração que me rolam 4 a 4...

É sempre duro...ver alguém a ser manipulado...conscientemente manipulado, em caminhar ao encontro de outra pessoa porque é mãe do filho ...

Como ouvi alguém dizer: estar com alguem por causa de um filho, é como estar com alguem por dinheiro. É estar por motivos externos e alheios à pessoa sem si....é estar por um interesse ainda que nobre ou não...

Posto isto "assiste-me" dizer: FODA-SE que a gaja joga sujo cm'ó caralho!

2 comentários:

  1. Se fosse só ela minha querida... se fosse só ela
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. o que há mais por aí são pessoas manipuladoras que preferem ser eternamente infelizes e fazer os outros infelizes do que dar a mão à palmatória e admitir que acabou e que a vida deve continuar. bjo**

    http://makeupblah.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!