segunda-feira, 15 de agosto de 2011

15 anos mais tarde, no surprises. As pessoas são de facto, previsiveis

E como uma desgraça nunca vem só e a minha vida É a excepção que confirma a regra, pois que o golpe da barriga funcionou...e another sucker bites the dust...

É verdade... depois do divorcio concluído... a carta dos filhos parece se soberana... e eu que nem percebo de poker, acho que equivalerá a um straight flush ou um full house... a EX Mrs tinha uma mão cheia de "ÁS" que decidiu quase dois anos após a separação, jogar...and guess what?!?!?!? funcinou e o Sr regressou a casa para "tentar dar uma familia aos filhos"...

Há "homens" muito, mas mesmo muito ingenuos... isto vindo da pessoa que me disse: "estar com alguem por causa dos filhos é como estar com alguem por dinheiro, não é certo"...

Ora o "não é certo" deveria vir com um warning label em letras mais ou menos pequenas a dizer: depende da quantidade de pressão exercida por familiares e amigos tradicionalistas hipocritas que continuam a achar que é melhor viver infeliz pelo "bem" dos meninos e pela qualidade da chantagem emocional exercida pela Ex que ovbiamente está directamente ligada ao numero de vezes que ela repete "já viste? por tua causa crescerão numa familia desmembrada" ou " não queres ver os teus filhos crescer" ou ainda " que raio de pai és tu que não queres estar com os teus filhos"... gosto particularmente da ultima...

Será que nunca passa pela cabeça destes bananas retorquir: "que raio de mulher és tu que engravidas depois de se ter pedido o divorcio" (claro que este comentario deveria ter uma sublegenda a dizer: I'm an ass que ainda lá foi cair com a pila dentro novamente!)...

Enfim... a vida é de facto complicada porque existem homens sem tomates e mulheres sem escrupulos...


Quanto a mim...bom 15 anos mais tarde termino o 3º capitulo com este Sr, de preferencia que seja o ultimo... 5 meses depois...here I am... alone again, naturally.... que é o meu estado normal, quer eu queira quer não...

2 comentários:

  1. Há quem não aprenda... como diz o ditado...
    Enfim

    ResponderEliminar
  2. estar com alguém usando a desculpa dos filhos, é errado muito errado. mais vale uma familia desmembrada do que uma família infeliz ...

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!