sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Meio pacote de bolachas e compota...

...e ainda assim, este buraco que se abriu no estomago consome-me sem treguas...

Ainda esta manha acordei, de bem com a vida, euforica por entrar de ferias amanha.... mas isso foi esta manhã.... a tarde ficou marcada por uma reunião com o meu chefe em que entre muitas outras palavras figuraram: reestruturação; rentabilidade; alternativas...e algures no meio: "não quero que estrague as ferias a pensar no assunto mas quando voltar temos de nos sentar e conversar ..."

E pela primeira vez na vida...tremi...tremi até à espinal medula. Tremi de medo, de insegurança e senti-me total e completamente sozinha no mundo...

Quem irá pagar as contas?! Não mora cá mais ninguém!? Ninguem está a contratar...

Esforço-me por não ceder à onda de desespero que me assalta de rajada enquanto as lagrimas me correm 4 a 4...sinto a cabela a latejar...Ocorre-me repetidamente ... "o que será de mim?!"

4 comentários:

  1. Amiga,

    Não posso fazer muito mas colo, ombro estão aqui... tudo se vai resolver.
    Tem de resolver ponto final

    ResponderEliminar
  2. Pois que eu gostava de saber o que te dizer, mas não sei. Por isso, vai daqui um beijinho de muita força e a esperança que tudo se resolva pelo melhor.

    ResponderEliminar
  3. Obrigada por estarem desse lado meninas! Mesmo muito obrigada!.... o que for será....e certamente partilharei por cá...

    Agora vou ali ceder ao desespero uns minutos e chorar toda a minha autocomiseração de uma só vez, para depois lavar a cara e pensar racionalmente em algo....

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!