segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Há dias em que é dificil permanecer centrada e positiva... há dias, como o de hoje, em que a unica saida possivel está num sofá, uma manta, zapping, uma garrafa de bom tinto e um pacote (dos grandes) da lays no FORNO...

Há dias assim...dias em que uma reunião com o chefe nos parece o fim do mundo, dias em que um email sem resposta de alguem importante soa a negligencia...

Há dias em que ponderamos afinal para que trabalhamos e que questionamos se não seriamos tão mais felizes a viver com o minimo indispensavel...

Há dias em que questionamos que tipo de pessoas existem neste mundo e quem as terá educado para serem totalmente desprovidas de humanidade e serem governandas por coisas tão insignificantes quanto numeros e cifrões....

Ha dias...como o que hoje... em que chego a casa, forço-me para não me entregar por momentos ao desespero da insegurança e incerteza ... engulo as lagrimas... e tento preencher o cerebro com pensamentos positivos...sempre ignorando o facto de que sou eu por mim... não há ajuda de ninguem nem sequer apoio moral...

Há dias...como o de hoje, que apenas posso centar-me no facto esperança e acreditar que tudo acontece por uma razão e que apesar de não ver o resultado final...há males que vêm por bem...

2 comentários:

  1. Força minha querida... esses dias vêm e vão

    ResponderEliminar
  2. É verdade... eu sei amiga mas... é duro... não saber prever o "amanha" é muito duro para quem sofre por antecipação como eu!

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!