terça-feira, 13 de setembro de 2011

O dinheiro não se come

Fico mesmo mesmo irritada com as decisões empresariais que se tomam ao abrigo da CRISE!

A CRISE é um vocabulo abrangente, geral, e como tal abarca uma serie de pecados... serve de bode espiatorio a tanta trafulhice no mundo empresarial...mundo esse que quanto mais conheço mais abomino.

Em Portugal trabalha-se mal, sim é um facto, mas os maus exemplos vêm de cima!Em Portugal gere-se mal e quando digo mal não me refiro a formas de eficiencia mas sim a actos conscientes e deliberados de prejudicar terceiros em beneficio proprio...em nome da tal CRISE.

Eu acredito na justiça divina ou universal mas nos entretantos custa-me imenso ver as injutiças cometidas, as vidas prejudicadas ao abrigo da justificação da crise.

No mundo empresarial, continua a vigorar um especime de gestor da velha guarda que só gere o proprio umbigo, não olha a meios nem valores nem principios, que assume uma posição de desresponsabilização social assustadora, uma leviandade imoral e ainda por cima... sai incolme de tudo isto!

Mentes minusculas, despresiveis, miseraveis, tacanhas, obstusas, cretinas, mentes a meu ver criminosas que operam livremente, sem barreiras, bem limites e sem punição...

Começo sinceramente a temer pelo futuro desta nação onde as PME's são a sustentação da economia, meio esse onde impera a pequenez de espirito e o beneficio proprio demasiadas vezes confundido com espirito de empreendorismo.

Quando vamos começar a perceber que o importante são as pessoas e o meio ambiente?!?!?

Há um ditado indio que diz: Only when the last tree has been cut down; Only when the last river has been poisoned; Only when the last fish has been caught; Only then will man find that money cannot be eaten

E a nossa economia está para Portugal e para a nossa sociedade como os rios e as arvores e o peixe para os indios... Ou seja, quando estiver tudo na bancarrota, quem beneficiou vai perceber que o seu dinheiro e/ou a sua empresa, por si só não faz mover a economia...

3 comentários:

  1. Ora aí está! É bem verdade o que dizes! Confesso que também estou muito preocupada com o estado do nosso país. E o pior é que não se vêem melhoras!

    ResponderEliminar
  2. As mentalidades não mudam... a mesquinhez mantem-se logo nada evolui.
    Infelizmente

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!