quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Monday parte 2 (AKA wednesday BAH)

Eu gostava de voltar a ser a miuda que era quando comecei este blog... sempre em alta e sempre em cima do acontecimento... mas, há dias.... ultimamente...semanas inteiras.... it just isn't in me....

Não consigo....eu tento... e quem se cruza comigo deve pensar: esta é uma tonta, porque está sempre tudo bem...
Claro que quem me conhece bem... sabe perfeitamente (mais do que seria desejavel, na verdade) que não é bem assim...

Hoje foi mais um dia dificil... o ordenado a entrar tarde e más horas... desprovido de comissões (WHERE THE FUCK ARE THEY?!?!?!?!)... o que deita por terra qualquer tentativa matinal de me manter positiva... primeiro porque feitas as contas vai sobrar TANTO mês depois do ordenado e segundo porque vou ter de ir ali ao gabinete do idiota, dar mais um murro na mesa, vejo-lo tremer, e andar a repetir esta terapia até ele pagar tudo.... e isto começa a ser um ritual .... e eu dispenso este tipo de rituais... um dia destes, não apareço, e quando ele telefonar, digo-lhe, "olhe não me pagou as comissões, não tenho dinheiro para ir trabalhar"...

AHhhhhh o que eu odeio gente de meia tigela pah! Se eu mandasse, estes cretinos iam provar do proprio veneno...

Posto isto, e após uma analise exaustiva do estado da minha conta bancaria (que infelizmente demorou cerca de 2 minutos)... concluo que posso declarar insolvencia no final deste mês.... o que me fez considerar uma proposta que pode, se eu quiser, estar em cima da mesa... para ir para o Brasil...

E isto leva-me a outro problema... como dizer isto ao tipo que vive lá me casa??? Aquele que volta e meia me fala de filhos...e essas coisas de gente grande, para as quais a minha pessoa ainda não desenvolveu estrutura para considerar a possibilidade a curto prazo...e por curto prazo entenda-se, um ano ou dois... sendo que por vezes suspeito que posso estar numa menopausa precoce... quase 35 anos e sem filhos...acho que o equipamento desiste e deita a toalha ao tapete...

Os meus ovários devem sentir-se um pouco como os portugueses neste momento: esta merd@ já era...para quê continuara tentar?!

E lá está... eu... continuo a olhar para as minhas amigas mães, casadas... e penso: "é que não invejo MESMO nada a vida delas!" .... mas MESMO NADA, EM NADA!... posso um dia destes engolir as minhas palavras... até é o mais certo, mas por agora...continuo a duvidar se serei ou não mother material...

Já me estou a dispersar... a questão hoje, é de ordem financeira... e a minha depré... é pensar que apesar de todo o esforço... financeiramente, já fui... o que é um pouco ridiculo... já que este tipo de analise é o que faço na vida...how did i not see this coming?!... mas em casa de ferreiro...

Enfim... estou triste... quero a minha vida natiga de volta e não nasci para me preocupar com dinheiro... e se eu algum dia, nesta vida ou no além apanho o animal que inventou o dinheiro....juro que aplico os meus 10 anos de treino....e parto-lhe a cara toda...e a seguir, meto-o a trabalhar para o meu chefe! MAINADA!

Que chatice.... a vida podia ser TÃO BOA....

2 comentários:

  1. e depois temos os cabrões que nada fazem e tão boa vida levem

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. indeed ....mas eu acredito na lei do retorno do universo... e pelo menos este cabr@o ... vai provavlmente acabar os seus dias muito amargurado sozinho e muito rico....

      Já eu... prevejo que acabarei os meus dias com o sufieciente para me sentir mais feliz que nunca!

      Eliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!