segunda-feira, 30 de abril de 2012

Ao entrar no gabinete do chefe para "o mais cordialmente possivel" pedir a regularização dos pagamentos em atraso... eis que sou informada que tenho "até ao verão " (deveria ter questionado quando começa a SUA epoca balnear) para "pensar o que fazer à vida"... se aceito uma reestruturação do contrato para "ganhar menos" (presumo que 100€ não façam a diferença) ou a rescisão do mesmo....
Fundo de desemprego...ora ai está.... uma realidade com a qual nunca pensei cruzar-me... se há 3 anos atrás me choviam convites de trabalho hoje, nem respostas aos CVs tenho...

Portanto...10kms a conduzir enquanto chorava compulsivamente a pensar "o que será de mim", meia garrafa de vinho, um pracote de bolachas de chocolare e uma bola de gelado mais tarde... admito...estou numa onda de automiseração absoluta... e assim vou continuar até as lagrimas secarem ou o vinho tinto acabar... o que chegar primeiro sendo que tenho 3 garrafas uma noite inteira e um feriado... GOOD PLAN...

Depois logo se vê... as expectativas são inexistentes...e pela primeira vez na vida... o futuro não me parece um lugar melhor... é preciso chegar aos 35 anos para perceber que por mais que se trabalhe, por mais entrega, mais brio, mais empenho, mais sangue, suor e lagrimas... anything can happen to anyone..

Sometimes life's a bitch...
Há dias assim....

Dias em que se espera o pior e que não se consegue, por mais que se tente, ver o lado bom das pessoas nem do mundo...

Há dias, em que deveria ser possivel dizer: " Sua besta cretina Querido Chefe, ou me paga o ordenado e as comissões e despesas de representação em atraso desde Outubro ou não ponho cá os mais pés, porque não estou para estar a contar tostões enquanto você continua a facturar e a trocar o seu mercedes topo de gama gostaria de pedir a regularização do vencimento, já que me faz imensa falta, será possivel? seu grandessissimo filho de uma puta!!!"

Há dias em que um mail pode estragar um dia inteiro....

Há dias em que o chefe decide cortar o numero fixo sem avisar...e fica sempre bem atender um cliente no tlm porque o numero fixo diz que não se encontra atribuido... é sempre boa politica ter uma porta aberta e fazer destas...

Eu devo ter feito muito mal noutra vida...só pode!

sábado, 28 de abril de 2012

True Bliss

Mas mesmo importante é que é sabado e eu estou confortavelmente deitada no meu sofá na posição de Master & Comander do controle remoto e a ceder desavergonhadamente aos apelos do frigorifico.... chove lá fora e vivendo no campo cheira a terra molhada....

De fato de treino pelos meus dominios afora, a caminho do preparo de mais um farto repasto dou por mim a agradecer: Obrigada universo por tal privilegio!!! Que todos estes pequenos luxos permaneçam inalterados....

Surf matinal, almoço de familia sempre delicioso e caloroso, tarde de sofá, chuva lá fora e planos para uma noite perfeita na minha companhia preferida...um livro... Can it get much better than this???

Psico stalker?!

No minimo freaky....

11:10h.... telefonema matinal do Pedro:

P: Bom dia! Foste surfar?
Me: ...bom dia....sim...
P: Na praia X?
Me: ...sim...
P: ah acabei de te ver na televisão. Estavam a fazer uma reportagem sobre a praia e reconheci-te
(...)

Fiz-me ao ciberespaço ...e nada... todas as noticias sobre a dita praia eram de ontem...

A minha amiga S pensa que ele me anda a seguir... eu não estou a ve-lo com expediente para isso mas...

12:31.... SMS:

"estava 1 metro na costa com pouco crowd, fiz 3 ondas!"

Isto gera-me varias questões:

1º ele já surfou comigo pelo menos 20 vezes e nunca fez uma unica onda... estranho que hoje tenha feito 3.
2º se às 11:10 estava em casa a ver-me na TV e morando quase em Loures como é que ao 12:31 já tinha ido de Loures à Costa surfado, apanhado 3 incriveis ondas e regressado para postar tal historico evento no facebook?!
3º e muito mais perturbador.... será que se deu ao trabalho de conjecturar tais teias de ilusão unicamente para poder manter contacto???

Ocorre-me uma palavra ME-DOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO


NOTA MENTAL: impressão minha ou calham-me sempre destes na rifa!?

sexta-feira, 27 de abril de 2012

À luz das primeiras 24, agora quase 48h de solteirice, faço um balanço muito positivo. A minha paz inteiror não está restabelecida mas para lá caminha. A nódoa aqui são os emails e telefonemas constantes...

Lá está... eu questiono-me sempre... O meu amigo Nuno diz que é normal porque "ele gosta de mim"... eu não sei se isso é normal.... eu não permaneço presente depois de alguém me dizer que não quer fazer parte da minha vida. Aliás eu evaporo-me. Sempre fui assim....será que o desnorteamento chega a ser tão grande que as pessoas não se apercebam que ao permanencerem presentes provocam o efeito contrario ao desejado?! É que se porventura me restasse alguma duvida quanto à minha decisão ou fosse assaltada por uma insegurançazita... a pressão exercida pela presença constante iria dissipar qualquer uma destas pedrinhas de consciencia... por outro lado... a ausencia terminante, absoluta poderá gerar curiosidade, muitas vezes serve de massagem de estimulo no ego ..."será que fui assim tão pouco memoravel?"...e nasce ali uma alguma coisa...que poderá ou não dar frutos.. agora onde não nasce nada sei eu! No solo arido de uma presença imposta....

Se há 24h atrás eu pensava que pena, não ter resultado. Agora apráz-me um sonoro "desampara-me a loja!"


Uma amiga minha a quem confidenciei uma passagem de um email retorquiu: "meu deus que enorme capacidade para a auto-ilusão!"...e é verdade.... se num dia se põe os pontos nos iis e no dia seguinte se recebem mails a falar assertivamente acerca da certeza de um futuro a dois em harmonia... de facto só poderemos estar diante de um auto engano...

Se o email começou com um: vamos fazer um acordo: daqui a uns tempos -sem pressão de datas-  ligas-me e dizes-me babe, tenho saudade tuas vamos jantar para te fazer a folha e terminou com quem cala consente por isso vou deduzir que concordas com as minhas certezas de um futuro a dois cheio de felicidade, sim, porque ue já vi este filme. Pois que me vi forçada a ser mais brusca...e talvez tenha colocado as coisas em perspectiva de forma brutalmente honesta... mas teve de ser...e eu odeio que me coloquem na posição de má da fita... JURO!

Contudo, amanhã é sabado e eu vou passsar o meu primeiro fim de semana  sozinha em quase 5 meses! Que expectativa alegre!!!

E já agora uma nota: porque é que os homens deduzem que apenas os dexamos se tivermos outra pessoa?! Não lhes ocorre que os deixamos porque simplesmente não somos felizes?!
Será porque na sua maioria os homens raramente deixam uma parceira sem ser para saltar directamente para os braços de outra??

I wonder....

quarta-feira, 25 de abril de 2012

É um dia apropriado para filosofar liberdades

9:30h.... abri a boca e saiu.

Saiu tudo o que me estava a sufocar. Saiu com meias palavras, medidas, comedidas porque afinal, o Pedro continua apaixonado, ou pensa que sim... não sei bem...

A verdade é que não havia necessidade de numerar tudo aquilo que ja me incomoda há algumas semanas... apenas houve necessidade de resumir tudo numa bola abrangente que cobrisse todos os detalhes insignificantes... a bola do "algures no decorrer dos meses, deixei de estar apaixonada"

A reação foi.... inesperada... tranquila, pacifica e sem grandes dramas... Achei que iria sentir uma vaga de libertação após a sua saída... mas não... está tudo exatamente igual ao que estava.

Gosto do silencio e o resto do dia de hoje, estarei assim, em silencio...afinal, bem ou mal, hoje morreu uma paixão. Não morreu um grande amor, ou uma inflamada paixão, mas morreram sentimentos... pedacinhos de alma.

Aqui estava eu, no conforto da minha solidão... e mais um cenário inesperado... começaram os sms's.

....


Porque é que as pessoas fazem isso?? SMS's? Porquê? Ficou tudo dito... passaram-se 3 ou 4h... ficou tudo esclarecido, sem margem de duvida, quando não há amor de uma das partes não há nada a fazer. Não há felicidade. Porque é que é da natureza humana querer ficar agarrado a situações que não eram hamoniosas?? Porquê??  Eu não compreendo e sempre que estive no outro lado... e ainda que fosse invadida por uma incontrolavel necessidade de tocar o outro lado... contive-me... Porque na verdade, aquilo que me doia mais que o coração partido...era o meu ego...

Rejeição... essa coisinha pestilenta que tantas vezes confundimos com saudades, amor e o diabo a sete... Queremos aquilo que nos é vedado... porquê?! Porque é que isto está gravado geração após geração no nosso DNA?? Já evoluimos tanto e no nosso amago continuamos a ser tão primitivos..

Hoje é um bom dia para pensar e filosofar.. até o tempo concorda...

Eu por mim, nem feliz nem euforica... mas em paz.... em silencio...em solitude.
Comigo mesma... As it should be.

terça-feira, 24 de abril de 2012

Uma singela Girl chega aqui e ZÀSSSSSSSSSSSS...tudo diferente... raios! Isto é quase como o Timeline...

Uma pessoa já não pode ser old school a pender para o info excluida....
As tecnologias não andam, voam e eu sou daquelas resistentes à mudança... quando as coisas funcionam gosto de ficar com aquilo que conheço...

Agora com licença que tenho que ir ver se descobro onde se moderam comentários...

terça-feira, 17 de abril de 2012

CHAGAS DA CULTURA IMPOSTA

Tenho sempre vontade de descompor aquelas pessoas apaixonadissimas que me falam em tom condescentente: "quando encontrares a tal pessoa especial também vais gostar de dormir acompanhada"...

As pessoas são tão basicas meu deus.... Parece que é algum crime dizer-se que não gosto de dormir acompanhada.... nunca gostei por mais apaixonada que estivesse. Não se dorme um sono profundo nem tranquilo e muito menos inteiro e quem disser o contrario ou está bebado ou drogado e dorme que nem uma pedra no fundo de um poço, para quem como eu tem um sono leve é um pesadelo, nada tem a ver com falta ou excesso de amor... está cientificamente comporvado!!!! Por isso é que existem colchoes com zonas de descanso independente!!!

Aquilo que me chateia é a ousadia de atribuirem esta minha preferência à falta de amor... especialmente quando se trata de um imberbe.... gostava de lhe poder dizer: meu menino, onde tu vais eu já fui e já vim e quando estiveres casado ou a viver com alguem voltamos a falar...

Que coisa pah! Uma pessoa não pode ter opinião!? Se sou diferente da maioria, quem tem um problema sou eu!? Não posso apenas ter preferencias diferentes!? MAU MARIA!

Um dia destes Via Linked In, reencontrei um amigo com quem não falava há cerca de 8 anos... lá veio a puta da conversa dos filhos.... "ah e tal quando encontrares alguem vais ver que vais sentir o apelo"...e eu pergunto-me: PORQUÊ!??!?!?! Nascemos todas para ser mães!? Temos todas de sentir o apelo?! É obrigatório!? É como a vacina da BCG!? a partir de certa idade temos que ter?!
É que eu já encontrei muita gente! Já fui pedida em casamento não uma, não duas, mas 3 vezes! Inclusivamente já tive noiva de anel de noivado na mão... mas agora a sério.... TEMOS MESMO DE TER VIDAS QUE SÃO COPY/PASTE UMAS DAS OUTRAS!? Não posso atrever-me a ser diferente e a querer coisas diferentes?!?!?!?

Eu ando por ai a gritar às minhas amigas com vontade de engravidar que não devem faze-lo porque o mais provavel é daqui a 1 ano estarem miseraveis e deprimidas, solteiras, divorciadas ou em maus casamentos e para todo o smepre com uma pessoa que depende delas?!?!?!? NÂO! Porquê!??!?! porque cada um com as suas convicções MESMO quando me telefonam a dizer: olha decidi engravidar em Agosto porque a LL também vai tentar o segundo nessa altura e deve ser giro estar gravida com uma amiga!!!...
...Eu calo-me, mesmo sabendo que foram viver juntos no 2º dia em que se conheceram, que passam metade do tempo a discutir, que ele não diz à familia que vive com ela há 4 meses nem sequer que namora...e que na verdade se conhecem há 4 meses!!! Eu digo alguma coisa!? Não!!! ! Depois dos 30 são maiores e vacinadas por isso DEIXEM-ME ser DIFERENTE sem terem que atribuir a minha diferença a algum outro factor que não o meu livre arbitrio!!! DASSSSSSSS

Ou regressa o bom humor ou voltamos ao estado civil anterior

A desocupação territorial decorreu ao som de trash metal num volume desaconselhavel.... eu ignorei, não me apetecia comprar mais uma batalha.... mas claramente, era uma manifestação do seu desagrado.... tanto a musica, quanto as parcas e acidas palavras trocadas.

A semana inteira, demonstrei por A + B, agindo com naturalidade, que este passo não iria alterar nada entre nós, quando muito, melhorar e encurtar o distanciamento decorrido do desgaste do dia a dia... e o Pedro fez e faz questão de me demonstrar que ele é quem está certo, afastando-se sendo seco e brusco, comprovando cientificamente que o afastamento fisico leva ao afastamento emocional, como se 30kms de distancia fossem 3 oceanos instransponiveis...

O Pedro, saiu sim. Contra vontade, em manifestação silenciosa, muda e surda de raivinha ... com o seu ego magoado, mais que outra coisa qualquer... o problema é o que é que os outros irão pensar... para ele foi um fracasso... como se a alternativa fosse a salvação...

Dizia-me ontem que "concorda comigo e que era preciso cada um viver em sua casa porque foi prematuro viver juntos, mas que dicorda do metodo e não tem alternativa  a propor.... não acha que este seja o caminho mas não existe outro"
Eu sei que volta e meia tenho acesso de estupidez natural, mas o que é facto é que não percebi o que quis dizer com isto... nem eu nem ele... é um contra senso. Na verdade, e sem querer admiti-lo ele queria ficar no bem bom, porque é o universo que conhece. Nunca vivieu sozinho na sua idade adulta...simplesmente transitou da EX para mim... cama, comida e roupa lavada...

Se eu sou egoista por não querer abandonar aquilo que conheço e que me é confortavel, que é a vida de solteira e o viver sozinha, ele também o é, pela exata razão, sendo que pelo menos eu aceito-o e reconheço, já ele anda iludido a justificar-se com um grande amor... que na verdade nada mais mascara do que uma aversão à solidão e às coisas praticas das lides domesticas...

Esta noite dormi como um anjo.... não acordei uma unica vez, julgo que nem me mexi.... acordei bem disposta, deus brindou-me com o maior e mais colorido arco iris que alguma vez vi e o Pedro num só telefonema acido e rancoroso conseguiu destruir os ingredientes de um dia perfeito...

E eu.... tenho tão pouca paciencia para agressividades passivas e silenciosas e menos ainda para meninos que não se sabem expressar e nem admitem as suas proprias emoções e sentimentos.

Estou mais ou menos em ponto rebuçado... daqui a umas horas há um jantar de aniversario e a julgar pelo telefonema que se comprometeu a fazer esta amnhã, que nunca fez, e pelo tom azedo e monocordico com que atendeu o meu telefonema das 15h... parece-me que irei sozinha dado que não pretendo castigar o aniversariante com um presente daqueles capazes de envenenar um salão de baile inteiro só por aparecer...

segunda-feira, 16 de abril de 2012

D de Desastre, Duelo ou Defelicidade....

Dia D...era suposto o Pedro ter saido ontem para casa dele.... convenientemente não pode... é suposto ir hoje.. vamos ver como corre a novela...o drama, a tragédia...

Se tudo correr bem, ganho um namorado, cada um na sua casa.... o melhor de dois mundos...se tudo correr mal.... tssssssssssssssssssssssssssssssssssssss.... ninguem sabe.....

Dar um passo atrás para dar um passo à frente.... pena que a opnião do resto do mundo tenha mais peso que o valor da tentativa de resgate....

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Are we there yet

Sexta feira finalmente!!!

Que semana desgastante!

Este fim de semana...antecipo apenas muito sofá e larareira....

quarta-feira, 11 de abril de 2012

UIIII a insustentavel leveza do meu ser!!!

terça-feira, 10 de abril de 2012

UFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF

Esta manhã depois de mais um episodio do gato do Pedro a vomitar no meu sofá....  A mensagem que ando a tentar passar à semanas fez luz no cerebro do Pedro... e finalmente concordou que está na altura de tentar namorar.... namorar sem viver juntos... FINALMENTE!

Namorar como deveria ter sido desde o inicio...passar os fins de semana juntos, sentir saudades, passear, e rir.... não esta coisa HORRIVEL da rotina de viver com outra pessoa....

E só por ele ter percebido isso... só por isso... já consigo RESPIRAR!

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Emboscada

Este "santo" fim de semana, fui emboscada.... emboscada sem dó nem piedade... para conhecer os "sogros"...

Pois é... estou eu muito bem em pleno shopping a comprar o presente do primeiro aniversário da minha LINDA afilhada.... o senhor Pedro com a mãe ao tlm e diz: "olha a minha mãe esta a convidar-te para jantares connnosco"

...interiomente no meu cerebro....PANICOOOOOOOO............. socorro............. mayday....SOS....

" mas o teu irmão chega hoje, não vem a casa há seculos, devem querer estar todos em familia eu estaria a mais" (uau! Boa resposta cerebro!!! NICE! estou orgulhao... boa capacidade de raciocinio debaixo de pressão) ufffffffffffffffff

" a minha mãe está a convidar! Aceitas ou não?!"

(oh my God! the pressure!!!! Como dizer: estás doido!? não sei se estou contigo para a semana que vem vou agora conhecer os teus pais!)

" Vou sentir-me a mais. A namorada do teu irmão vai? Só irei se ela for."
(ui! boa! Ela é meio anti social não estou a ver que vá! Já me safei com elegancia e graciosidade!"

...errado...

" Pronto mãe, assim sendo, vamos os dois e a CB agradece o convite!" CLACK!

WTF!?!??!?!.... "mas a namorada do teu irmão vai?!?!?!"

"Aparentemente sim!"

.... errado..... fui eu e o irmão e os pais.......  fui emboscada literalmente!
Claro que eu devo ter o unico namorado à face da terra que ao fim de 4 meses quer casar e ter filhos, estilo já! Ontem!!!!

E assim foi... fui conhecer os futuros Ex-sogros... Muito queridos o que me deixou ainda mais irritada!

Problema seguinte: ele vai começar a pressionar para conhecer os meus...e está cá com uma sorte que nem vos digo nem vos conto!

Que besta que sou

A minha amiga S. tem razão.... cheguei esta semana a uma triste conclusão...

O Problema não é dos homens, é meu!

A S. psicologa de formação, pensa que mulheres demasiado independentes não têm perfil para as relações tradicionais...
E eu concordo e subscrevo...

Eu, não consigo! Tudo me irrita.... e sobretudo irrita-me que todas as mulheres com quem falo dos 25 aos 50 me respondem aos dilemas da minha vida quotidiana com um singelo e leviano: "são todos assim.... ahahhahahha"

E eu pergunto-me, onde está a graça?????

Eu não consigo fazer de mãe de um tipo adulto 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dia spor ano! Não consigo, não posso e não quero!!!!

Acorda! levanta-te! Estás atrasado! Toma os comprimidos! Não te esqueças de ligar a tua mãe, ao teu pai, ao teu chefe, ao teu amigo... E quando decido NÂO me manifestar sofro vagas de irritação muda ao ver o mundo inteiro a acabar porque eu estou calada! E o pior??? É quando digo e me responde: "não me esqueci... ia já tratar disso"....e continua com o rabo no sofá... ahhhh que ganas me dá pah!

Porque será!?!?!?!? Porque é que os homens não têm, primeiro que tudo, capacidade de sobreviver em condições dignas (e esta é a questão) sem uma mulher por perto? Segundo, porque é que no que toca a quotidianices têm MESMO de perguntar tudo!??!?!?!?! SIM, é preciso fazer a cama todos os dias, abrir e fechar as janelas, dar de comer ao gato ( que é dele!!), lavar a loiça, arrumar a loiça, tratar da roupa, limpar a casa, ver a familia, ir às compras! E SIM! Se há uma merd@ caida no chão É PRECISO APANHAR! Mas, NÃO é preciso perguntar se é preciso apanhar!!!

Por isso o problema é aparentemente meu, já que não posso ter  a pretenção de mudar 50% da população mundial e 100% de uma raça inteira!

Eu sou despachada, independente, pro activa, expedita. Vejo, faço, nem refiro... não preciso de me vangloriar que fui ao eco ponto, ou que lavei 3 chavenas quando cheguei a casa.... MEU AMIGO... mais 1 milhão de vezes multiplicado por 1 milhão de tarefas elevado ao infinito e ESTAMOS QUITES!
Se eu mencionasse cada meia que lavo, apanho, dobro e arrumo...não tinha tempo para respirar!

Eu não sei e não gosto de pessoas que existem apenas para respirar....pessoas que não agem...
Trato de tudo! E SIM, sei fazer tudo melhor que ele ...excepto talvez o emprego dele e jogar à bola....faço melhor e mais rapido, e SIM, tenho sempre razão e tenho resposta para TUDO!

Por isso, não fui feita para dar uma de sopeira e de mãe de um homem com uma crise de adolescencia retardada (e isto abange cerca de 90% dos homens).

Fui feita para estar só, viver feliz, como sempre fui quando estou solteir,a porque solteira é o meu estado normal! É isso que tenho que perceber e deixar de cair na tentação de ser igual ao resto do mundo porque não sou! Não vale a pena!

Quero ser livre...livre de ser quem onde onde quiser, a que horas quiser sob que condições me apetecer!

Não é espetacular chegar à coclusão de que, tudo o que está mal no minha vida é respondabilidade minha? 100% minha!?!? Estava tão bem solteira fui arranjar sarna para me coçar,! Se detesto o meu emprego...a culpa é de quem?!?!?!? MINHA!

quarta-feira, 4 de abril de 2012

No diccionario de certas pessoas...

EXPERT:

" pessoa que sabe mais que todos os outros acerca de determinado assunto porque leu umas revistas e artigos da especialidade"....
Quero a minha solteirice de volta SFF!!!!

telepaticamente do wc

Carrie Bradshaw no seu momento matinal.... a ler uma bela revista no wc.... Pedro entra wc a dentro como se o mundo fosse acabar, sem bater à porta... "amor!!! O meu carro ficou bem estacionado ontem à noite?!"

WTF!?!?!?!??!

O meu ar incredulo.... seguido de choque...seguido de acesso de furia...

Porque se o carro dele estivesse mal estacionado eu poderia te-lo resolvido telepaticamente da sanita da minha casa de banho! CLARO!

DASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

Há dias em só me apetece desatar ao estalada pah!

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!