quarta-feira, 16 de maio de 2012

Somos uns ANIMAIS!



Ontem, ao final do dia, passei no Pingo Doce, entrei para comprar fruta e sai de lá com a alma pesada e ligeiramente envergonhada com o estado deste país…senti-me…melindrada (o que eu adoro esta palavra).

Cheguei à caixa,  e diz-me a senhora da registadora: “ obrigada! Até que enfim! É preciso atender cinco pessoas para receber um boa tarde…”

Eu confesso que inicialmente nem estava a processar… mas a senhora, com o ar cansado de ser invisível, explicou-me claramente: “estava aqui a contar a quantas pessoas precisava dizer boa tarde até uma me responder…. Sabe, habitualmente digo boa tarde e recebo um é um saco por favor…. falam para nós como se nem nos vissem…as pessoas tratam-nos abaixo…nem sei bem de quê”

Isto deixou-me triste… no momento em que o país atravessa, e em que supostamente, estaremos a regressar ao essencial, ao nosso estado supostamente mais humano e menos capitalista… estas situações são recorrentes. No entanto aposto a minha vida, em como qualquer um dos utentes do Pingo Doce, que habitualmente se acha demasiado superior para sequer cumprimentar a caixa, se estivesse perante um medico ou um advogado, não hesitaria em retorquir com toda a reverência! Porquê?! Porque estes senhores… são “doutores”… e eu questiono-me, “porque carga de agua se trata um medico diferente de um caixa de Pingo Doce ou um gerente de um balcão de um banco diferente do empregado de mesa!? Não são seres humanos!? Não somos todos iguais? Ou porque um sabe de medicina e o outro da arte de bem servir, vale menos!? Pomos o curriculum na balança da boa educação porquê!? PORQUÊ!?

Todos nós temos a nossa função na sociedade e ela funciona com base neste pressuposto…talvez se fossemos todos médicos dessemos mais importância à necessidade de haver caixas de supermercado, empregados de mesa e varredores de rua….essas profissões tão essenciais e tão desprezadas..

Isto é um tema que sempre me fez pica-pica, e já quando namorava um futuro advogado e ele me dizia que a pena por matar o presidente era mais pesada do que por matar um civil qualquer, eu me sentia indignada! Somos todos seres humanos, somos iguais, somos pais, filhos, irmãos, primos, amigos, empregado, namorados, amantes, maridos e mulheres de alguém…somos seres importantes, todos nós…e aposto que a senhora da caixa do Pingo Doce será tão integra quanto o medico do centro de saúde da Parede!

Por amor de deus pessoas!!!! Bom dia, boa tarde, obrigada e por favor!??!?! Rolam na língua, não dói e melhor: são grátis!!! Se os nossos bisavós nos vissem e ouvissem….

Eu tenho quase 35 anos e ainda me lembro, não há muito tempo atrás, de cumprimentar toda a gente, independente da profissão!

Tanta luta contra o racismo, a discriminação, o sexismo, igualdade de direitos e falhamos naquilo que é mais essencial!?!??!?!?! Boas maneiras, bons princípios, boa educação.

Todos nós temos clientes, sejam o publico em geral, sejam os filhos em casa, vendemos alguma coisa, seja um serviço, um produto ou um sentimento, sabemos o quão difícil é chegar ao fim do dia bem dispostos e de bem com a vida…por isso… sejamos civilizados e tomemos consciência de que vivemos em sociedade, comunidade, somos uma força una, somos todas da mesma espécie e temos todos um direito básico que nos assiste: seremos tratados com dignidade!

Eu canso-me de ver cretinos na estrada… só porque eles têm tempo de passar no semáforo verde são incapazes de andar de forma a que dê para passar o carro de trás. Canso-me de ceder passagem e nem um “obrigada”… somos uns animais!

Olhamos unicamente para os nossos umbigos e nem percebemos que a forma como estamos no mundo, é a forma como o mundo nos trata e à grande maioria dos indivíduos é muito bem feito…. Ser bem educado e cordial é um dever moral de cada um de nós…. Caso contrario mais vale fazerem a malinha e irem fazer de ermitas para uma caverna, pois nem merecem estar em sociedade e estarão mais integrado na idade da pedra!

4 comentários:

  1. A falta de civismo que existe é de facto arrepiante.

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Concordo inteiramente contigo! A minha mãe criou-me bem-educada e humilde; nessas circunstâncias cumprimento sempre e no fim desejo boa noite e/ou bom fim-de-semana, quando é o caso! É assim que gosto que me tratem também, e isso não acontece por norma.
    Sou licenciada e não sou nem mais nem menos que ninguém, nunca puxei pelos galões de Dra, acho isso pateta! Trabalho num call center, sou bem-educada sempre, cumpro as minhas funções e orgulhosamente faço-o com humanidade, porque vejo sempre situações que considero altamente injustas, por isso regra geral defendo sempre os clientes e faço tudo o que os procedimentos me permitam fazer para resolver ou pelo menos minimizar a situação; mesmo assim... todos os dias sou mal tratada por essa gente que não respeita, não tem consideração por ninguém e ainda exige ser tratada por Senhor Doutor, porque não me conhecem de porra de lado nenhum! A sério... Estou cansada!!!! Graças a Deus há sempre pessoas extraordinariamente bem-educadas e até bem-humoradas que fazem esquecer as pessoas menos afáveis...
    A falta de civismo deves ser das poucas coisas que não tá em crise neste rectângulo de terra, infelizmente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Ann, como te compreendo, eu já trabalhei em call center a data altura da minha vida, tambem já na epoca licenciada e fui destratada abaixo de cão...e talvez por isso hoje, atenda SEMPRE e responda sempre a inqueritos telefonicos da forma mais cordial e simpatica possivel, porque sei, o que é estar do outro lado do telefone. As pessoas esquecem-se que estãm a falar com seres humanos que na verdade não têm qualquer responsabilidade sobre o assunto em questão e estão ali a tentar ajudar, são facilitadores...
      Mas é como dizes, de vez em quando há alguem que inesperadamente e com um simples sorriso ou obrigada transforma um dia meseravel num jardim de simpatia e é por essas pessoas e por esse tipo de sociedade que aqueles de nós que fomos educados como preparos devemos lutar... porque enquanto houver alguns de nós Portugal não está competamente perdido.

      Queres saber uma muito boa?? Estava eu no call center de uma entidade financeira quando liga um pedante de merda aos gritos a questionar o quê dos cheques não terem o titulo academico antes do nome, e eu singelamente, ouvi, e questionei que titulo deveria constar ao que o animal me diz que era indiferente podia ser DR ou Engº porque apenas o queria por uma questão de "confiança" pois nem sequer tinha terminado o liceu... mas assim " confiavam mais nos cheques" dele...

      ASSHOLE!

      Eliminar
    2. LOLOLOLOL Essa do Dr, oh meu Deus! Que imaginação fértil eheheh
      Bem, é como tu dizes, felizmente ainda há bastantes pessoas que fazem acreditar que vale a pena estar cá e não nos mudarmos de malas e bagagens para um país nórdico! =p

      Eliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!