domingo, 29 de julho de 2012

Domingo na Caparica

As praias da linha ao fim de semana são um verdadeiro desastre... passam de pequenas praias acolhedoras a lata de conserva de gente feia... mas NADA como a Costa da Caparica ao domingo... JASUS! Que M.E.D.O!

A pratica do surf leva-me a muitas praias pelo país a fora, desde Ponta Ruiva em Sagres ao Lagido em Peniche.... e na grande maioria das vezes à Costa da Caparica, pela proximidade e pelas ondas... hoje decidi ficar a fazer praia... já que a praia que habitualmente frequento continua interdita...depois de uma derrocaca em meados de Outubro.... 2011... há mais de nove meses atrás...a Camara de Cascais diz não ter verbas para recupera-la... mas tem verba para concertos, festas e iluminação... enfim... prioridades...

Isto tudo para dizer...hoje estive um par de horas na Costa... na praia...e fiquei impressionada. Impressionada com a concentração de geleiras, chapeus de sol, tendas, pára ventos e sacos, sacolas e saquinhos... Aquela gente, dali, vai de casa às costas para a praia!!! Literalmente! Ultrapassam largamente o conceito do "farnel".... jogam cartas e tudo!

E o barulho?!?!?!? O barulho ensurdecedor...estou convicta de que aquela parte do pais sofre de audição a julgar pelo tom em que se comunicam...a praia inteira assiste às conversas uns dos outros... Nunca vi tamanho ajuntamento de gente estranha... à falta de melhor... pareceu-me estar noutro pais.

Eu não compreendo o conceito de levar lancheiras para a praia...já que à excepção dos "estrangeiros" quem frequenta tanto as praias da linhas quanto as da Costa... são dali...."locais"...e por isso parece-me tão idiota cá quanto lá... praia... é uma toalha, um livro e um saco com carteira, tlm, e protector solar...

O fenomeno "caracol" AKA casa às costas, aqui da linha é elevado a um exponencial extraordinario na Caparica.... é tudo muito....mais barulho, mais gente, mais tralha, mais factor "estranhice" no ar....

Realmente, "nós" somos toxicos... pegamos numa estensão de praia, num local lindo e entupimo-lo com "coisas"....quando o lugar é perfeito exactamente como é... não necessita mais nada...
Nós somos a praga.... chegamos, entramos, conquistamos, convertemos, poluimos, usamos e abusamos...e ainda pro cima estamos cada vez mais feios....

Sem comentários:

Enviar um comentário

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!