segunda-feira, 27 de agosto de 2012

O certo pelo incerto

O dia D...chegou... em Setembro fecha a empresa...

Apesar de estar a ter um ataque de ansiedade gigante... há uma parte de mim que sente um alivio.... chega de incerteza...chega de vivier com o fantasma do desemprego pendurado sobre a minha cabeça...sem que se soubesse quando iria atacar... assim.. é conhecido...e o conhecido é mais facil de enfrentar que o desconhecido.... está aqui, chegou...e agora, mãos à obra.

Tudo acontece por um razão certo?

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Que solidão tão grande! É pra vos manipular melhor!


Trouxe-te p’la mão…. achando que ia ajudar…que ingénua fui… OUTRA VEZ…

Nem creio que se possa chamar ingenuidade, vamos chamar-lhe estupidez, idiotice…e sobretudo falta de inteligência.


Trouxe-te p’la mão e entraste disfarçada de doce e inocente, bem disposta, amiga…

Trouxe-te p’la mão e sem que ninguém desse conta mudaste-nos…

Começou tudo de novo…iniciou-se o ciclo de destruição que te acompanha e cujo rasto te persegue coberto por uma lagrima de falso mártir…


Trouxe-te p’la mão para o meu mundo, abri-te a porta, fiz-te sentir em casa….e hoje, quem está de fora a olhar para dentro sou eu…

Trouxe-te p’la mão para que voltasses a sorrir e MAIS UMA VEZ… já andamos todos a toque de caixa…mais uma vez já nos colocaste a todos ao teu serviço…

Ao serviço da saciação da tua solidão… a tua manipulação, chega-nos como uma manta quente num dia de inverno…

E sem darmos conta…estamos todos como servos…ao dispor da tua vontade…sempre feita, assim na terra como no ceu…como tu gostas…

Como o universo que tu crês que gira em torno de ti.


Trouxe-te p’la mão para que me roubasses o chão que me sustinha… Aquele MEU chão de sorrisos abertos e corações felizes…

Aquele reduto de bons momentos e boas pessoas…

You arrived…and now it’s all tainted…

Every funcking time…

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

The X- Files of the suburb....


Sempre me fez espécie a incapacidade de multitasking da comunidade senior citizen

Complica-me com o sistema nervoso, certas respostas que ouço dos meus pais…e por algum tempo achei que o problema era deles…mas começo a aperceber-me de que o problema é transversal à faixa etária, leia-se, classe desocupada…

Não consigo deixar de franzir o sobrolho, quando pergunto aos meus pais porque não vão passar o dia/manhã/tarde à praia, já que moram a pouco mais de 3km da dita e estes me respondem quase de forma indignada: “não dá! Amanha é dia de ir ao continente” ou melhor ainda “não dá amanhã a mãe tem cabeleireiro (ou manicure ou dentista)!”…

E eu cá dentro questiono-me, quantas horas terá, um dia normal na vida de um casal reformado aos 58 anos…porque o meu dia tem 24h… levanto-me às 4:30h, vou de Cascais à Costa surfar 2 horas, volto a casa, arranjo-me e vou trabalhar das 10h às 19h, passando ainda pelo supermercado antes de ir para casa ou para algum compromisso social… e mesmo ao fim de semana…. Lá estou eu dentro de agua às 6:30h, para apanhar sol até às 12h, ir almoçar com a famelga até às 15h, fazer as lides domesticas, tomar café com uma amiga e quem sabe um cinema…

Ora quem não trabalha, não faz absolutamente PONTA DE CORNO…. AKA point of a horn… não pode ir ao supermercado e AINDA à praia!??? Não se compreende….

São respostas que vêm do mesmo sitio estranho do “cinema?! Que disparate! Tenho lá saúde para ir ao cinema?!!!!!”

Não se compreende… é non-sense…



Hoje fiquei novamente estupefacta com: “Amanhã a família Costa, afinal não vem almoçar connosco, porque o neto faz anos hoje e a Sonia casa-se dia 11 de setembro”….e eu fico ali…no suspenso do meu espanto… à espera de outra afirmação que justifique condignamente a anterior… mas não… nada….

Por isso começo a compreender que quanto menos se faz menos tempo se tem…. Quanto menos ativos se é,  menor a capacidade de acumular tarefas, o que me leva a concluir através de uma dedução primaria, que perdemos gradualmente a nossa capacidade de fazer/agir…

Chegam as rugas, vai-se a pro-atividade… Chegam os cabelos brancos, chega a preguicite aguda…. Chega o reumático… e o tempo disponível evapora-se como que por artes magicas…ou por outra torna-se invisível, porque ele está lá, apenas não o veem…

Juro que não compreendo e na verdade não quero compreender!!! Porque tenho um certo receio que ao compreender, automaticamente o meu cérebro processe e um dia quando me reformar, ao invés de aproveitar ao máximo o resto da minha vida, comece pavlovianamente a ter (in)capacidade para uma misera tarefa diária…
Foda-se que uma pessoa pode morrer de tédio à espera que termine o raio do dia! IRRA!

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Friends ....


Sometimes… when WE hurt…. We lash out and we hurt who matters the most… we play out our inner most deep insecurities on others… so …for a few seconds we stop hurting… someone else is hurting… not us…
Sometimes it is our job as friends to recognize it and hold out our hand and lend our shoulder and say…”it is ok”… you are not alone…

Sometimes…we just have to let others, be the way they are… even if that is the exact opposite of you… and accept them…love them for what they are…

Sometimes… you just have to let the outbursts come…hold strong …wait for them to pass… standing still… so that your friends, know that you are not going anywhere…

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Freud..... we have a problem...

O que fazer quando a nossa melhor amiga se transforma num mostro egocentrico!??!?!
EU, eu , eu , eu, eu, eu, eu  e eu!??!?!

Realmente, a comprovar que as mulheres bonitas podem abrir a boca dizer atrocidade que os homens continuam a ser simpaticos...

Tirem-me deste filme!!!

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Acerca da conjunturas

Conjuntura astral.... é o nome que dou quando algo se repete numa determinada área da minha vida...

E anda ai uma conjuntura astral esquisita.... no que diz respeito à amizade...

A minha "grande" amiga, a que era a minha melhor amiga...continua a fazer de tudo para minar a minha confiança e enaltecer-se aos olhos no nosso novo grupo de amigos...onde eu a introduzi... há momentos em que tenho a nítida sensação que não só se quer enaltecer denegrindo-me, como está a fazer de tudo para a minha marginalização/ostracização....

Começo a sentir-me realmente idiota de te-la imiscuído no meu grupo, onde imperava a harmonia...e a vibração zen...

Adicionalmente...começo a achar que o meu melhor amigo está apaixonado por mim...
Fazemos imensas coisas juntos, falamos todos os dias...e sei que tem problemas com a namorada com quem vive há uns meses e que a separação é inevitável, mas hoje pela primeira vez...tive a sensação de que haveria ali uma intenção muito disfarçada de estar livre para mim...o que francamente me assusta... He's been friend zoned! E quando um homem cai na categoria de amigo...PARA MIM (Já para evitar comentários futuros) ...não volta... é a categoria do não regresso...porque os meus amigos homens não têm sexo... não os concebo sexualmente...e honestamente só a ideia me repulsa... BAH!
Ontem falamos acerca de um DATE que tenho hoje...uma coisa muito casual, surfar e depois um petisco/jantar na praia... e imediatamente a vibração da conversa telefónica se tornou pesada...e hoje diz-me que "acordou" em baixo....que não é boa companhia para ninguém... mas com aquele tom subentendido de que se passaria exactamente o oposto...ora...não fossem as minhas suspeitas cancelaria o date para falar com ele e estar com ele...mas como sinto que é esse o propósito do drama...acho por bem não alimentar....

E penso que este date não poderia ter surgido numa melhor altura!
Demarcar posições....parece-me MUITO BOA IDEIA EM BOM TEMPO!

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

4 anos a adoçar a boca...

Volta e meia, dá-me na veneta e vou aos meus arquivos ver "Onde é que eu estava" precisamente há um ano atrás...

E se hoje aquilo que me atormenta é o desemprego mesmo ai à porta... com o dedo quaseeeeeeeeeeeeeee na campanhia....

Em 2011, foi quando o assunto foi abordado...na vespera das minhas ferias de verão... Ferias essas que no seguimento do tema... acabaram por não ser tanto ferias.... quanto duas semanas de crise emocional...
Andava ainda ocupada a brincar com o "meu grande amor" ao "faz de conta que isto vai dar outra vez"....

Aproveito e faço um update... o moçoilo sempre fugiu do país.... continua a trabalhar em Angola... e tal e qual como previsto...depois do divorcio que demorou quase 2 anos a sair...pois que ela continua a fazer pressão de reatar...e pois que ele lá vai cedendo...e pelo menos quando cá vem...está com a criança e tem onde "dormir"... Homens.... são tão facilmente manipulados que, como diria o meu professor de matemática do 9º ano.... nem dá "tesão de mijo"....

Em 2010...andava preocupada com uma amigdalite de verão e a capacidade que casais outrora apaixonados têm de converter esse amor em ressentimento e amargura... como diz a minha amiga S... no divorcio é que conhecemos a pessoa com quem nos casamos...e eu continuo a concordar com ela...

Já em 2009....em Agosto andava cheia de duvidas existenciais e a entupir-me de açucar para gerir a pressão do excesso de trabalho...

O que me leva a concluir que em 4 anos... muito pouca coisa mudou ou por outra evoluiu na minha vida.... e a unica constante... é o suave encantador de almas...chamado AÇUCAR....

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Mini saias e mamas de fora....

"I try to be sexy, but men don't get my style" - Alexa Chung - A it girl brit mais cool do momento...

Confirmo então.... os homens ( e a maioria das mulheres) em Inglaterra sofrem do mesmo mal que os homens portugueses.... são desprovidos de sentido de estética e confundem sensualidade com sexualidade...

90% dos homens...acha sexy...pele de fora, à mostra... sexy = a obvio...

Isto para mim, apreciadora de tudo o que é belo... é simplesmente triste...

É incrivel como um decote demasiado revelador é alvo de todos os olhares da sala... da mesma forma que uma toilette elegante, serve de repelente dos ditos...

Enfim...é o que temos...a maioria dos seres humanos ainda não primarios... se o são nos direitos fundamentais e principios basicos...como não o seriam relativamente à estética!?

E é por isso que ouço comentários do genero: " AH finalmente chegou o verão para te vermos um pouco de pele.... habitualmente... tens um estilo ...sei lá...que pareces ser má na cama"...e isto...senhoras e senhores...da boca de uma mulher da minha idade...da minha geração... de uma classe diferente... é certo... uma wanna be...que se diz "melhor amiga" de uma celebridade da nossa praça..entenda-se alguem que figurou em biquini nos Morangos com Açucar...

Enfim... haja mais Alexa's no mundo para nos brindar com o seu estilo estético alternativo... tambem ninguem compreendia Coco Chanel....

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!