sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Above & Beyond right back to where I started...

Voltei....


Queria ter regressado em grande.... ia contar-vos tudo acerca do meu novo emprego... é verdade...queria ter descrito o que se passa dentro de um bloco operatorio...como funcionam os hospitais em Portugal... queria ter-vos contado a diferença entre os bons medicos e cirurgiões e os maus medicos e cirurgiões...queria ter-vos contado acerca da equipa de enfermeiros assistente de bloco...queria ter contado, tim tim por tim tim... as operações que vi, e as maravilhas da medicina moderna...algumas das quais me pareceram pura ficção cientifica... Queria louvar alguns dos melhores e mas humildes medicos...sim porque os realmente bons, são "tu cá tu lá" e depois existem os outros que precisam de se sentir superiores porque na verdade no seu meio são "fraquinhos" e  pouco respeitados...
Queria ter-vos dito que estava impressionada com a quantidade de pessoas que são peradas todos os dias só em Lisboa...

E por  fim gostaria de vos ter contado o quão entusiasmada andava eu a estudar como se não houvesse amanha... gostaria que tivessem sabido das formigas que tinha no cerebro...a latejar cheio de força para aprender....

Podia ter escrito grandes posts... mas não...acabo de saber que  após duas semanas de bloco operatorio hard core e de tanto estudo, a empresa "roeu a corda" e se a semana passada me haviam garantido que ficaria por nunca se tinha visto tal adaptaçãoe tal sucesso, hoje, dia de formalizar o periodo de experiencia...alguem, "pensou melhor" e decidiu-se jogar pelo seguro...são "tempos de precaução" e não se investimento e face às novas medidas fiscais, o projecto de expansão da equipa foi abortado...agora que já estava a pensar nas formações nos EUA e em todos os benificios socias que a posição me oferecia... agora que a minha vida estava pronta para esta nova etapa...

E assim... esta manhã, ligo ao meu futuro director comercial, que assim sendo tambem não o chegará  ser, ele pede-me que o encontre no Hospital de São José... para me dize rno meio de um corredor cheio de medicos enfermeiros e doentes que afinal não iriam recrutar ninguem e a empresa ia esperar "para ver"..... que não me quis dizer por telefone... e por isso me fez ir de Cascais a São José, que fica numa parte assustadora da cidade (ia literalmente agrafada à mala e com o coração a latejar nas temporas de ouvir e ver aquela gente esquista.... à falta de termo melhor)...para me dizer isto... ora entre o telefonema recebido no conforto do meu lar e a noticia recebida numa parte horrenda da cidade de onde demorei uma eternidade a sair do alto dos meus saltos de 10cms naquelas ruelas ingremes e escuras... penso que teria sido mais misericordioso o telefonema...

Mas enfim... hoje, toda a euforia das ultimas semanas ficou-se por terra... e tive de aceitar a triste e dura realidade que parei de procurar emprego porque "tinha" este...e afinal agora tenho de recomeçar tudo de novo...mas agora com menos vigor e um pouco mais de desilusão no mundo corporate... onde se tomam decisões precipitadas ....
Tenho quase por certo que esta decisão nada teve a ver com a carga fiscal a ser aplicada... penso que será reflexo de uma pessoa na empresa que terá ficado muito melindrada porque o meu recrutamento não lhe passou pelas mãos...portanto poderá dizer-se que o EGO do meu quase futuro director comercial terá ficado escoriado.... digo isto porque desde o primeiro dia que percebi que foi feito um esforço para não gostar de mim...
Da minha parte...durmo em paz...pois sei que fiz tudo e dei tudo aquilo que me foi pedido...aliás, como dizem os ingleses, fui above and beyond.... estudei quando ninguem mo pediu e dediquei-me com tudo o que tinha e todo o entusiasmo movido pelo profundo agradecimento de ter tido esta oportunidade...

O post vai longo e o astral tambem... pelo que...até à vista caros bloguers... may the force be with us, já que a classe dirigente não o está...

Agora resta-me....emigrar....

3 comentários:

  1. Que dizer!
    Nada!
    Coragem e força amiga tenho a certeza que vais conseguir

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem de ser né??? esta coisa de ser mulher independente tem disto...no matter what....somos nós por nós proprias...
      Amanha é outro dia!

      Beijos grandes querida!

      Eliminar
  2. ai mulher! todos os dias cá venho à espera de novidades... vou ler tudo com mais calma...

    ResponderEliminar

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!