quinta-feira, 30 de maio de 2013

Apoio moral não paga contas...

O mundo anda do avesso...

O que se passa???
Doi-me a alma quando recebo telefonemas a dizer " a Maria hoje não tem o que comer"...

Pessoas que conhecemos, pessoas com quem falamos diariamente... a catastrofe financeira chegou e não escolheu bairros....bate-nos à porta descaradamente... aqui, ali...inadvertidamente na porta do lado...na porta dos nossos amigos...
" A T. vai perder a casa nas proximas duas semanas... com 3 filhos..."

Tira-me o sono saber que não posso fazer nada... vejo o desespero no olhar dos meus amigos, ouço-o na voz do lado d elá do tlm.... e eu não posso fazer nada...

Estou convicta de que no fim tudo acabará bem... mas nos entretantos quem lhes dá a mão?

quinta-feira, 23 de maio de 2013

O Silencio vale ouro e a boa educação is priceless

Eu gostava de saber porque é que as pessoas com quem trabalho pensam em voz alta???


Que chatice pah!
"ah, agora aquela foi-se embora e não me deixou as chaves do carro!"
 "aquele tipo acha que sabe de historia? Tssssssssssss eu vivi a historia!"
ou ainda "não suporto o som dos elevadores aqui em cima de mim!"

SHUT THE FUCK UP!

E já agora... há algo mais annoying do que aqueles colegas que para falar têm de ficar apoiados na nossa mes a aler oq ue estamos a ler ou escrever no ecrã?!?!? Com toda a atenção ao monitor?? De tal ordem que até se esquecem do que iam dizer??? REALLY!!!??? C'mon!!! Who, THA fuck taught you good manners asshole?!

terça-feira, 21 de maio de 2013

Ali é onde mora o Amor e a Magia.

There is a house built out of stone
Wooden floors, walls and window sills...
Tables and chairs worn by all of the dust...
This is a place where I don't feel alone
This is a place where I feel at home...

 
Existe uma casa, num sitio magico onde o tempo parou há muitas decadas atrás.
Existe uma casa, numa aldeia perdida no tempo onde ainda se deixa o saco do pão na porta com uns trocos para que a carrinha do padeiro deixe o pão do pequeno almoço...
Ainda existem sitios assim, aqui, em Portugal.
Eu tive a sorte, de um dia, há 20 anos atrás e pela mão de uma pessoa extraordinaria, conhecer um sitio assim, e chegar a sentir-me em casa.
Estive dez anos sem ir "a casa", e este fim de semana, pela mão de quem tenho gravado na coração desde o ultimo post que aqui escrevi...regressei.... a paisagem estava igual, nada havia mudado. Ao sair da ultima estrada para entrar na rua da casa.... o tempo parou para mim... cumprimentei cada pinheiro e cada arbusto rua abaixo,.... cheirava a "casa"...a terra molhada e tradições perdidas nos seculos...
E apesar de todos os quid pro quo que tomaram lugar este fim de semana, o resumo, é simples e claro: eu tinha regressado a casa pela mão do Amor, literalmente e em todos os sentidos...
Há sitios magicos no mundo, aquele sitio é um deles. Um sitio de calma, paz, silencio, solitude e amor. O sitio perfeito para me despir de raciocinios logicos e me deixar embalar pela bruma de felicidade que ali paira no ar o ano inteiro....

domingo, 5 de maio de 2013

Quando batemos a porta pela manhã

O universo é uma coisa fantástica....

Nunca sabemos nada ... e realmente a vida acontece enquanto andamos entretidos na nossa ignorância a fazer planos para a dita...

Nunca se sabe quando saímos de manhã de casa para ir fazer um voluntariado e se chega a casa com alguém gravado na alma e no coração e no olhar  ...alguém com quem trocamos meia dúzia de palavras... alguém com o qual a ligação invisível era tangível ... e nunca se sabe quando o facebook pode ser útil e se consiga efectivamente chegar a casa à hora de jantar sair à meia noite e regressar forçadamente 12h de depois...

Nunca se sabe quando passamos de estado civil "desinteressada and not giving a royal fuck" ...a OMG não consigo sair deste olhar onde estive embalada 12h seguidinhas sem sequer dar conta,,,, OMG não consigo estar sem esta voz a ressoar-me na alma, nem sem este sorriso fácil e desarmante.... Simplesmente não.... consigo...

Um dia abrimos a porta e recebemos noticias chocantes e noutro intensidade...mas em todos os elementos arquitectónicos de  entrada e saída...Há sempre um tema transversal sub latente...o AMOR.

sábado, 4 de maio de 2013

Tempo é Amor

Este é um post dificil...

Há coisas na vida que por mais avisos, com a devida antecedência, que recebamos... nunca estamos efectivamente preparados para elas....

Ter o privilegio de saber de antemão o tempo que ainda nos resta para usufruir e desfrutar da companhia de outrem...é algo tão raro e precioso que não existem palavras nem números para quantificar o seu valor....

Saber que vou perder o meu pai... dá-me aquilo que todos desejamos após a partida de alguém ..TEMPO.

Tempo neste caso, traduz-se em amor....
Ter tempo para amar e dizer tudo aquilo que precisamos dizer antes que a pessoa parta... é um presente magnifico...

Mas confesso que, por muitas aspirações espirituais que tenha e por mais conhecimentos que possua....a verdade é NÃO estou preparada.... receber este deadline foi como um soco directamente na alma... seguido de um ataque de panico e de uma birra de me mandar pro chão espernear e gritar do fundo dos pulmões: NãO É JUSTO.

Pois não.... não é sinto-mpre roubada... ainda tinha tanta coisa que gostaria de fazer... e se já não for a tempo?? E se ele não compreender o que eu lhe quero dizer?? E se ele morrer sem saber o quanto o amo e o quão importante ele é pra mim?! E eu?? Quem toma conta de mim?? A quem telefonearei quando me sentir desprotegida? Sozinha? Perdida?? Ele é o meu porto de abrigo... ele é a minha segurança! E mesmo com 35 anos preciso dele tanto quanto precisava quando tinha 5 e caia da bicicleta...e se ele não souber disto???

E como é que eu lhe posso dizer isto tudo sem que ele saiba que eu sei??

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Ser Telefonicamente Austista

Há pessoas que são casos perdidos, mas para todos os que ainda são "resgatáveis".... aqui fica: GENTE, existe uma etiqueta de comunicação telefónica implícita... não está escrita mas faz parte das regras da boa educação!!!!

Se na Era dos telefones pretos de disco giratório, ninguém telefonava a ninguém depois da hora do Vitinho, porque carga de agua é que isso mudou com a merda do tlm???!! Expliquem-me?????

Existem apenas 3 motivos legítimos para se ligar para alguém antes das 9h da manha de segunda a sexta e depois das 21:30h:
a)  quem liga está num fuso horário diferente e não fez as contas
b) está a viver-se o auge de uma historia tórrida de amor/affair
c) é um emergência (entenda-se alguém no hospital, doente, uma questão de vida ou de morte)

Não se classifica como emergência devolver-se uma chamada feita à tarde! Muito menos uma chamada de cortesia!

Eu fico sempre espantada com a falta de bom senso que impera hoje em dia mas choca-me ainda mais a falta de empatia...de pensarmos no outro antes de pensarmos o quão urgente é satisfazer uma necessidade caprichosa do nosso ego!

Dasssssssssssssss pra merda todos os cretinos que acham que podem perturbar a paz de uma pessoa às 22:30 da noite!

Lovelly, but not for me!

Lovelly, but not for me!